Mostrando postagens com marcador Vídeos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Vídeos. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Série Orphan Black


Terminei a quarta temporada da série Orphan Black. Já estou esperando a quinta e li em algum lugar que será a última temporada. Sabe, eu até prefiro séries que sejam assim, do que aquelas que ficam enchendo linguiça como Grey's Anatomy já durando mais de dez anos. Enfim, mas essa é outra história. O fato é que Orphan Black vai durar cinco temporadas e já estou na expectativa da quinta.

Mas vamos ao que interessa. Orphan Black foi criada por Graeme Manson, John Fawcett  e estreou em 2013, sendo produzida no EUA e Canadá. É uma fantástica série de Ficção Científica e Suspense. Eu comecei sem muito interesse, só porque ouvia falar muito dela, mas depois foi engrenando e eu amei. Entrou no rol das minhas séries preferidas. Com Tatiana Maslany, Jordan Gavaris, Kevin Hanchard e outros no elenco, a série dá show de interpretação.

Claro que a campeã do show é  a canadense Tatiana Maslany. Eu já havia assistido um filme com ela e já sabia do seu potencial, mas nessa série ela se superou. São 22 clones, cerca de nove personagens que ela encarna ao longo de toda a trama. Todas com olhares, trejeitos, vozes e sotaques diferentes. E mesmo quando duas personagens estão juntas, dá facilmente para imaginar que são duas pessoas diferentes, irmãs gêmeas juntas. Ela é genial e já ganhou diversos prêmios por essas interpretações. 

Eu sinceramente fico fascinada por cada personagem e suas diferenças: Cosima, Sarah, Alison, Katja, Rachel, Helena, Mika, Kristal, Beth. Todas elas são bastante diferentes. Até a forma de andar muda e confesso que essa é uma das coisas que mais me atrai na série. E mesmo em alguns momentos em que alguma clone se passa por outra é genial, pois conserva- se traços da original misturando aos traços da clone imitada. AMEI! 

As questões de ficção científica podem parecer confusas no final da primeira temporada e na segunda, mas a partir da terceira e quarta já ficou mais amarrradinho e próximo do real. É isso. Há mais questões sobre a série que eu gostaria de abordar, mas vou deixar para a quinta e última temporada. Vai ter textão. Se vocês ainda não viram Orphan Black, corram para ver!


Rafaela Valverde

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Filme Bravura Indômita


O filme Bravura Indômita de 2010 é mais uma bela obra dos irmãos Ethan Coen e Joel Coen. É um filme americano de Faroeste estrelado por Jeff Bridges, Hailee Steinfeld, Josh Brolin e Matt Damon. O filme traz a história de Mattie (Hailee Steinfeld) que com 14 anos resolve vingar a morte do pai que havia sido assassinado em uma briga num saloom.

Ela contrata um homem para matar o assassino do seu pai. Depois de recusar a oferta, Reuben J. Cogburn, o assassino acaba aceitando. Mattie exige acompanhá-lo. Vão os três, já que La Boeuf (Matt Damon) também está atrás do assassino. Vão em busca dele em terras indígenas. O que se passa daí em diante é uma aventura que a menina jamais sonhara em participar.

As atuações são firmes, com bons diálogos e com aquele clima de Velho Oeste já familiar a quem já acompanha o trabalho dos irmãos Coen. Eu particularmente gosto bastante desse tipo de filme e esse eu gosto de ver a atuação de Hailee e o tamanho da coragem da sua personagem, uma menina de tão pouca idade demonstrando tanta força diante das adversidades da via.

É um filme bastante poético apesar da dureza dos cenários, dos diálogos rápidos e agressivos e dos tiros. Eu já tinha assistido na época em que foi lançado, acho que em 2011 e lembro que na época houve muita falação sobre esse filme, em relação à indicações do Oscar etc. Quem gostar do gênero Faroeste pesado e tenso, com personagens sedentos por vingança e dinheiro pode assistir. Agora, quem não gostar desse tipo de filme pode achar chato. Mas para mim é um excelente filme.



Rafaela Valverde

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Garimpo otimista


As guinadas não existem
Nossa vida é o que é
Dois braços, duas pernas
Vou lutando, vou com fé

Viver o agora
Encontrar o belo na rotina
Negatividade está por fora
Já vou começar a faxina

Faxina na alma
Eita, conversa manjada!
Minha alma já é limpa

A gente garimpa
Um tantão de coisas boas
Que a vida pode dar


E encontra nas pequenas coisas!



Rafaela Valverde




terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Aloha - Legião urbana



Será que ninguém vê
O caos em que vivemos ?
Os jovens são tão jovens
E fica tudo por isso mesmo
A juventude é rica, a juventude é pobre
A juventude sofre e ninguém parece perceber
Eu tenho um coração
Eu tenho ideais

Eu gosto de cinema
E de coisas naturais
E penso sempre em sexo, oh yeah!
Todo adulto tem inveja dos mais jovens
A juventude está sozinha
Não há ninguém para ajudar
A explicar por que é que o mundo
É este desastre que aí está
Eu não sei, eu não sei

Dizem que eu não sei nada
Dizem que eu não tenho opinião
Me compram, me vendem, me estragam
E é tudo mentira, me deixam na mão
Não me deixam fazer nada
E a culpa é sempre minha, oh yeah!
E meus amigos parecem ter medo

De quem fala o que sentiu
De quem pensa diferente
Nos querem todos iguais
Assim é bem mais fácil nos controlar
E mentir, mentir, mentir
E matar, matar, matar
O que eu tenho de melhor: minha esperança
Que se faça o sacrifício
E cresçam logo as crianças




Rafaela Valverde

sábado, 3 de dezembro de 2016

Eu tô dando risada - Tati Zaqui

Acha que pode brincar do jeito que já brincou
Fez as minas de boneca
Sai dessa, não sou assim, por favor, me escuta
Tu teve a chance
E transformou meu romance num lance
Chega de se rebaixar, levanta a cabeça
E aceita a revanche


Porque acha que pode brincar do jeito que já brincou
Fez as minas de boneca
Sai dessa, não sou assim, por favor, me escuta
Tu teve a chance e transformou meu romance num lance
Chega de se rebaixar, levanta a cabeça
E aceita a revanche

Porque
Ahhhhhh, eu tô dando risada
Palhaço igual você tá cheio na quebrada
Foi bom, vacilou me perdeu
Ta querendo voltar, desculpa, mas se fu

Ahhhhhh, eu tô dando risada
Palhaço igual você tá cheio na quebrada
Tu ficou parado na introdução
No final da história eu quero homem, lek não

Acha que pode brincar do jeito que já brincou
Fez as minas de boneca
Sai dessa, não sou assim
Por favor me escuta, tu teve a chance
E transformou meu romance num lance
Chega de se rebaixar, levanta a cabeça
E aceita a revanche

Porque
Acha que pode brincar do jeito que já brincou
Fez as minas de boneca
Sai dessa, não sou assim
Por favor me escuta, tu teve a chance
E transformou meu romance num lance
Chega de se rebaixar, levanta a cabeça
E aceita a revanche

Porque
Ahhhhhh, eu tô dando risada
Palhaço igual você tá cheio na quebrada
Foi bom, vacilou me perdeu
Ta querendo voltar desculpa mas se fu...




Rafaela Valverde

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

A sua - Marisa Monte



Eu só quero que você saiba
Que eu estou pensando em você
Agora e sempre mais
Eu só quero que você ouça
A canção que eu fiz pra dizer
Que te adoro cada vez mais
E que eu te quero sempre em paz

To com sintomas de saudade
To pensando em você
Como eu te quero tanto bem
Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Pois te quero livre também
Como o tempo vai o vento vem

Eu só quero que você caiba
No meu colo porque
Eu te adoro cada vez mais
Eu só quero que você siga
Para onde quiser
Que eu não vou ficar muito atrás

To com sintomas de saudade
To pensando em você
Como eu te quero tanto bem
Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Pois te quero livre também
Como o tempo vai o vento vem

Eu só quero que você saiba
Que eu estou pensando em você
Pois te quero livre também
Como o tempo vai o vento vem
Porque eu te quero livre também
Como o tempo vai o vento vem




Rafaela Valverde

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Eu sei (Na mira) ♥


Um dia eu vou estar à toa
E você vai estar na mira
Eu sei que você sabe
Que eu sei que você sabe
Que é difícil de dizer
O meu coração
É um músculo involuntário
E ele pulsa por você
Um dia eu vou estar contigo
E você vai estar na minha

Enquanto eu vou andando o mundo gira
E nos espera numa boa
Eu sei, eu sei,
Eu sei




Rafaela Valverde

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Distante -Jorge Vercillo


Não tem nada,
Sei que a estrada é o seu lugar.
Não vamos nos perder,
Posso até sentir...
Minha imaginação voa longe
Para onde quer que você vá,
Meu pensamento irá.
Pois meus sonhos são os seus

Se você não está aqui,
Tampouco estou dentro de mim
Sigo ausente pela vida alheia tudo ao meu redor
Sou o vento que lhe envolve,
Sou a noite a lhe abraçar
Mas agora ao telefone, tão distante eu lhe senti
Só não quero imaginar
Você vivendo outros amores por aí...
Só não quero imaginar
Você vivendo outros amores por aí



Rafaela Valverde



quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Coisas que eu sei - Dani Carlos


Eu quero ficar perto
De tudo que acho certo
Até o dia em que eu
Mudar de opinião
A minha experiência
Meu pacto com a ciência
Meu conhecimento
É minha distração

Coisas que eu sei
Eu adivinho
Sem ninguém ter me contado
Coisas que eu sei
O meu rádio relógio
Mostra o tempo errado
Aperte o play

Eu gosto do meu quarto
Do meu desarrumado
Ninguém sabe mexer
Na minha confusão
É o meu ponto de vista
Não aceito turistas
Meu mundo tá fechado
Pra visitação

Coisas que eu sei
O medo mora perto
Das ideias loucas
Coisas que eu sei
Se eu for eu vou assim
Não vou trocar de roupa
É minha lei

Eu corto os meus dobrados
Acerto os meus pecados
Ninguém pergunta mais
Depois que eu já paguei
Eu vejo o filme em pausas
Eu imagino casas
Depois eu já nem lembro
Do que eu desenhei

Coisas que eu sei
Não guardo mais agendas
No meu celular
Coisas que eu sei
Eu compro aparelhos
Que eu não sei usar
Eu já comprei

As vezes dá preguiça
Na areia movediça
Quanto mais eu mexo
Mais afundo em mim
Eu moro num cenário
Do lado imaginário
Eu entro e saio sempre
Quando tô afim

Coisas que eu sei
As noites ficam claras
No raiar do dia
Coisas que eu sei
São coisas que antes
Eu somente não sabia
Coisas que eu sei
As noites ficam claras
No raiar do dia
Coisas que eu sei
São coisas que antes
Eu somente não sabia

Agora eu sei
Agora eu sei
Agora eu sei
Ah! Ah! Agora eu sei
Ah! Ah! Agora eu sei
Ah! Ah! Agora eu sei
Ah! Ah! Eu sei!

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Não vá embora - Marisa Monte

E no meio de tanta gente eu encontrei você
Entre tanta gente chata sem nenhuma graça,
Você veio
E eu que pensava que não ia me apaixonar
Nunca mais na vida

Eu podia ficar feio só perdido
Mas com você eu fico muito mais bonito
Mais esperto
E podia estar tudo agora dando errado pra mim
Mas com você dá certo

Refrão:
Por isso não vá embora
Por isso não me deixe nunca nunca mais
Por isso não vá, não vá embora
Por isso não me deixe nunca nunca mais

Eu podia estar sofrendo, caído por aí
Mas com você eu fico muito mais feliz
Mais desperto
Eu podia estar agora sem você
Mas eu não quero, não quero




Rafaela Valverde

Todo amor que houver nessa vida ♪


Eu quero a sorte de um amor tranquilo
Com sabor de fruta mordida
Nós na batida, no embalo da rede
Matando a sede na saliva
Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia!

E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia que a gente nem vive
Transformar o tédio em melodia
Ser teu pão ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum veneno antimonotonia

E se eu achar a tua fonte escondida
Te alcanço em cheio, o mel e a ferida
E o corpo inteiro, feito um furacão
Boca, nuca, mão e a tua mente, não!
Ser teu pão ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum remédio que me dê alegria

Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
E algum veneno antimonotonia
e algum...




Rafaela Valverde

domingo, 7 de agosto de 2016

É o poder - Karol Conká


É o poder, aceita porque dói menos
De longe falam alto, mas de perto tão pequenos
Se afogam no próprio veneno, tão ingênuo
Se a carapuça serve falo mesmo
E eu cobro quem me deve

[Refrão]
É o poder, o mundo é de quem faz
Realidade assusta todos tão normais
Viu falei
Depois não vem dizer que eu não avisei
(Hãn hãn) só não vem dizer que não (Hãn hãn)
Só não vem dizer que não (Hãn hãn)
Só não vem dizer que não (Hãn hãn)
Só não

[Verso 1]
Sociedade em choque eu vim pra incomodar
Aqui o santo é forte, é melhor se acostumar
Quem foi que disse que isso aqui não era pra mim se equivocou
Fui eu quem criei, vivi, escolhi, me descobri e agora aqui estou
Não aceito cheque já te aviso não me teste
Se merece então não pede pra fazer algo que preste
Quem é ligeiro investe não só fala também veste
Juiz de internet caga se espalhando feito peste
Se não ta no meu lugar então não fale meu (não fale...)
Se for fazer pela metade não vale (não vale...)
Eu vivo com doses de só Deus que sabe
O resto ninguém sabe
Quebro tudo pra que todos se calem (plow plow plow plow)
Quem vem só quem tem coragem vai
Já falei que quem nasceu pra ser do topo nunca cai
O medo é de quem, ein?
Olha quem ficou pra trás e a vida segue (segue)
E o tempo não volta mais

[Refrão]
É o poder, o mundo é de quem faz
Realidade assusta todos tão normais
Viu falei
Depois não vem dizer que eu não avisei
(Hãn hãn) só não vem dizer que não (Hãn hãn)
Só não vem dizer que não (Hãn hãn)
Só não vem dizer que não (Hãn hãn)
Só não

[Ponte]
Eles não sabem o que dizem
Não aguenta então não fica em
Eles não sabem o que dizem
Não aguenta então não fica em

[Outro]
Se tem uma coisa que me irrita é ver bocas malditas
Dizendo mentiras sobre minha vida
Coisas que eu nem vivi ainda, eita!
Frustrados, pirados na cola já perdi a hora
Preciso ir embora alguém me espera lá fora, me deixa


Rafaela Valverde




terça-feira, 12 de abril de 2016

Filme O segredo dos seus olhos

Imagem da internet
No final de semana vi o filme argentino O segredo dos seus olhos, do diretor Juan José Campanella. Conta com os atores Ricardo Darín, Soledad Villamil, Pablo Rago e outros. O filme é um drama e foi lançado em 2010, tendo duas horas e nove minutos de filme e por esse motivo, eu evitaria assistir ultimamente devido a minha falta de tempo. Mas já tinha ouvido falar tanto desse filme e ele sendo argentino resolvi assistir. 

Então, o filme é forte. O filme é ótimo, eu vou logo dizendo. É um dos melhores filmes que já assisti até hoje, de verdade.  Foi indicado ao Oscar como melhor filme estrangeiro.E é argentino, né? Adoro. Mas enfim, o filme traz a história de Benjamim Esposito (Ricardo Darín), oficial de justiça recém aposentado que decide escrever um romance sobre um caso elucidado, ou quase elucidado por ele.

O crime havia sido cometido nos anos 1970 e abalou a todos, um estupro e assassinato de uma jovem. Esposito tem um amigo, Pablo Sandoval, com quem trabalha e divide o caso. Além deles ainda há a personagem de Soledad Villamil,  Irene, que é a paixão secreta de Esposito. Juntos, os três trabalham no instigante caso e conhecem o marido da jovem morta que nutre um terrível sofrimento.

O filme tem amor, tem suspense, tem mistério e o filme tem um homem com o pênis de fora! (rsrsrs) Coisa incomum de se ver, né? Pois vejam o filme! Tem um final surpreendente e as cenas são intercaladas: presente e passado em quadros muito bem feitos. Gostei bastante. Indico o filme!


Rafaela Valverde

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Filme Boyhood - Da infância à juventude

Imagem da Internet
                                


Ontem vi o filme Boyhood - Da infância à juventude de 2014. O filme tem quase três horas e ficou bastante famoso após ser sabido que ele levou doze anos para ser concluído. O filme acompanhou o crescimento do protagonista e de sua irmã na trama, que começaram o filme ainda crianças, até alcançarem a idade de ir para a faculdade. 

O filme conta com Patrícia Arquette e Ethan Hawke no elenco e eu gostei bastante do filme. Por ser do estilo que eu gosto, paradão, narrador de fatos cotidianos, etc. É um filme bem feito, com uma genial narrativa acerca da vida e do quão é difícil crescer. Em algum momento eu acabei me vendo ali, tentando me lembrar da minha infância e da minha adolescência, com os conflitos dos pais e os próprios conflitos internos.

Eu acho esse tipo de filme realmente incrível. O filme tem uma excelente fotografia, atuações que se mantém e enfim, é um filme que por se só já é genial. Eu nem tenho mais o que falar sobre ele e sobre as sensações que despertou em mim. Recomendo.




Rafaela Valverde

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Série Orange Is the New Black

Imagem da internet

Terminei de assistir a série Orange Is the New Black. A série estreou em 2013 e eu como sempre assisti atrasada e acabei de terminar a terceira temporada, já na boca de começar a quarta, o que acontecerá esse ano ainda.

Algumas pessoas já me falaram que a série é chata, mas eu gostei bastante. É uma série que tem comédia e ao mesmo tempo uma grande carga dramática. A série traz a protagonista Piper Chapman que depois de alguns anos vai para a prisão, após participar de uma quadrilha de tráfico de drogas com a sua ex namorada Alex. Daí ela vai prisão e a história vai se desenrolando com as histórias das outras detentas, que são muito fortes e emocionantes. Os crimes que elas cometeram, enfim.

Várias confusões vão acontecendo no decorrer da série, o que vai tornando a coisa cada vez mais divertida. As personagens são envolventes, há relações lésbicas  na prisão,, corrupção, envolvimentos com as pessoas do lado de fora e muito mais. Para quem gosta do estilo eu recomendo. Na verdade eu sempre recomendo experimentar as coisas, por que só assim é possível gostar ou não.



Rafaela Valverde

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Devaneio - Jorge Vercillo


 Ontem estava ouvindo essa música e me dei conta de que venho me sentindo assim ultimamente.


Mergulhei no mar
e não dava pé
Me apaixonei
mas não sei por quem
Sonho com alguém
Que você não é

Eu me entreguei demais
Eu imaginei demais
e o silêncio fala mais que a traição
Foi um devaneio meu
um veraneio seu
e um outono inteiro
em minhas mãos

Vi um sol nascer
pelos olhos seus
me deixei levar
eu nao refleti
que era a luz dos meus
refletida em ti

Eu me entreguei demais
Eu imaginei demais
e o silêncio fala mais que a traição

Foi um devaneio meu
um veraneio seu
e um outono inteiro
em minhas mãos



Fonte: http://www.vagalume.com.br/jorge-vercilo/devaneio.html



Rafaela Valverde

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Filme Para Sempre Alice

Imagem da internet
Para Sempre Alice é um excelente filme. Eu o assisti por causa de uma indicação que vi na internet e também por causa de Julianne Moore que é uma excelente atriz. Alice é uma professora famosa de Linguística em uma Universidade quando começa a esquecer de penas coisas e até se perde durante o percurso de uma corrida.

Com o diagnóstico precoce de Alzheimer aos 50 anos, o tratamento é iniciado e Alice passa a se aproximar de sua filha mais nova vivida por Kristen Stewart. O que se se desenrola a seguir são ótimas cenas dessa atriz  maravilhosa dá um show de interpretação.

O marido é vivido por Alec Baldwin e este apoia ele desde o início. Ela grava um vídeo e escreve tudo o que tem que fazer no seu celular. É um filme emocionante e que vale a pena assistir. Não vou mais falar nenhum spoiler. Assistam, pois a interpretação de Julianne já vale super a pena.


Rafaela Valverde

sábado, 16 de janeiro de 2016

Descendo o rio - Forfun



Eu vou descendo esse rio, guiando a minha canoa
Não fujo do desafio, que cabe a minha pessoa
Deixo que as águas me levem, mas, quando preciso eu remo
Invoco a calma e a coragem nas tempestades que enfrento

Ah! Que lindo é o amor, o amigo chegou trazendo a paz
Ah! Que lindo é o amor, não há mais temor que seja capaz

Tem que ter leveza muleque, discernimento muleque
Tem que ter certeza muleque
Perseverança

Eu vou descendo esse rio, guiando a minha canoa
Não fujo do desafio, que cabe a minha pessoa
Deixo que as águas me levem, mas, quando preciso eu remo
Invoco a calma e a coragem nas tempestades que enfrento

Ah! Que lindo é o amor, o amigo chegou trazendo a paz
Ah! Que lindo é o amor, não há mais temor que seja capaz

Tem que ter leveza muleque, discernimento muleque
Tem que ter certeza muleque
Perseverança

Invoco a fé, a calma e a coragem
Invoco a fé, a calma e a coragem
Invoco a fé, a calma e a coragem
Invoco a fé, a calma e a coragem



Rafaela Valverde

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

É melhor pensar duas vezes - Vivendo do ócio




Pode ir, e só volte quando você ver a porta aberta
Dizem por aí que você anda louca dizendo que sou eu a
Pessoa certa
Agora está sentindo na pele, se lembra quando eu me
Rastejava por você?
Só faltava me pisar...

A gente faz aqui e paga aqui
E o troco vem todo em moedas
E você não vai trocar

Se falar comigo de novo
Posso até te dar um soco
Acho melhor não, tenho amor as minhas mãos

Pode achar, que eu sou um bêbado, idiota, sem noção
Acredite eu sou um pouco mais do que você imagina
Esse teu olhar de desprezo só faz com que eu me sinta
Cada vez melhor

Mas eu vou repetir que eu só não quero que você fale
Comigo de novo
Que eu sou capaz de te dar um soco
Acho melhor não, prefiro vodka com limão
Acho melhor não, prefiro ir pro bar
Encher a cara até cair no chão




Rafaela Valverde

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Tá bom - Los Hermanos

Senta aqui
que hoje eu quero te falar
não tem mistério não
é só teu coração
que não te deixa amar
você precisa reagir
não se entregar assim
como quem nada quer
não há mulher irmão que goste dessa vida
ela não quer viver as coisas por você
me diz cadê você aí
e aí não há sequer um par pra dividir

senta aqui
espera que eu não terminei
pra onde é que você foi
que eu não te vejo mais
não há ninguém capaz
de ser isso que você quer
vencer a luta vã
e ser o campeão
pois se é no não que se descobre de verdade
o que te sobra além das coisas casuais
me diz se assim está em paz
achando que sofrer é amar demais

Link: http://www.vagalume.com.br/los-hermanos/ta-bom.html#ixzz3oNFzHHzP


Fonte: Vagalume


Rafaela Valverde
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...