Mostrando postagens com marcador FSBA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador FSBA. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Em breve: Mais livros, mais resenhas

Foto: Google
Eu sei que estou super em falta com os livros, com as resenhas. Dei uma diminuída em minhas leituras, depois do segundo semestre, por causa da faculdade. Eu agora estou tendo mais dificuldade em ler e estudar, pois certas pessoas me fazem conversar demais pelo Whatsapp (rsrs), mas eu prometo que agora que praticamente acabou o semestre e que eu estou sem trabalhar, vou dar um gás em minhas leituras até o final do ano. 

As resenhas estão raras aqui.  E parei no número 27 quando minha meta era ultrapassar trinta livros, batendo meu próprio recorde.É na verdade, apesar de não estar trabalhando a vida está um pouco bagunçada e já já eu conto o porquê. Então eu fico tendo todos os dias, milhões de atividades. Mas inclusive vou recomeçar a ler hoje o livro 'Você me pertence', que por sinal é uma história muito boa, um livro muito bem escrito, mas que as atribuições de fim de semestre, me fizeram parar de ler por alguns dias.

Bem é isso, só queria explicar por que as "resenhas literárias" estão paradas no blog. Por que eu estou sem ler muito mesmo. Ponho resenha literária entre aspas, por que não considero o que escrevo após a leitura de um livro ou filme, uma resenha propriamente dita, como as dos blogs especializados. Faço apenas um pequeno texto dizendo se gostei ou não do livro e por que, ou indicando ou não. 

Ahhh, ia esquecendo, comprei o livro A culpa é das estrelas. Eu só tinha lido ele em PDF no PC, (na época eu não tinha ainda o tablet) e não foi uma experiência muito boa e como a gente que gosta de ler e gosta de livros, gosta de tê-lo em mãos, sentir o cheiro, pegar, eu resolvi comprar. Foi super baratinho na AVON, 16,00. Fica a dica.

É isso. Fui. Vou ali ler. 


Rafaela Valverde

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Eu e o ENEM

Foto: Google
O ENEM é um porre, um saco mesmo. Ano passado eu já havia dito que não faria mais essa prova, mas mesmo com bolsa integral, inventei fazer por causa de uma pequena possibilidade de entrar na UFBA. Mas é o último ano que faço com certeza, pelo menos até me formar.

A prova é cansativa, cheia de textos, questões de conteúdos que não são dados em ensinos médios de escolas públicas. Teve uma questão sobre o método de Descartes que eu só vi na universidade, mas enfim, deixa quieto. Tive tontura mais uma vez (ano passado também tive) e tive que me ausentar para ir ao banheiro.

As letrinhas da prova dançavam, eu tinha almoçado às nove da manhã, já que saí às dez, estava em uma cadeira baixa, desconfortável, a postura ruim, as costas doendo, enfim. Teste de resistência pesado, viu? A redação não achei o tem tão bom para mim e nem a minha redação não foi tão boa como a do ano passado e sinceramente acho difícil tirar algo próximo dos 940 do ano passado, mas tudo bem, vida segue.

O resultado sai em janeiro, mas não vou ficar com a mesma ansiedade do ano passado, é claro. Já tenho minha bolsa, afinal de contas. Mas queria superar a minha nota na redação, isso eu queria. Agora é esperar. Boa sorte para todos nós.




Rafaela Valverde

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Filme O guardião de Memórias

Assisti na faculdade sábado passado, na disciplina Psicologia da Adolescência o filme O guardião de Memórias.  O filme se passa nos EUA, no ano 1964. É  a história de um livro com mesmo nome, baseado em fatos reais. O doutor David, ortopedista, em um momento de emergência de vê obrigado a fazer o parto de sua esposa.



Com isso ele vê que nasceram gêmeos, um menino e uma menina. O menino nasce primeiro e nasce "normal", trazendo muita felicidade ao casal. Porém uns minutos depois, a esposa de David começa a sentir as contrações novamente e ele percebe que ali tem outro bebê. É uma menina e ela nasceu com síndrome de down. O  pai logo a rejeita, por já ter um histórico de "doença" em sua família, já que sua irmã morreu aos doze anos, trazendo muita dor para a sua mãe.


Ele não quer que a esposa sofra da mesma forma que a sua mãe sofreu e achando que estava fazendo o melhor que podia naquele momento, ele pede a enfermeira mandar a menina "mongolóide" para um abrigo onde eram mandadas pessoas com síndrome de down e outros problemas de desenvolvimento. A enfermeira vai até o local e não consegue deixar a menina no abrigo que trata os doente de forma pouco ortodoxa.

Ela acaba ficando com Phoebe, esse é o nome dela e  a partir dessa decisão sua vida muda. Ela se apaixona, se casa e sua filha ganha um pai. Formam uma família, enquanto a família do doutor David passa a desmoronar, sobretudo por causa da sua mentira que mudou a vida da esposa, do filho e da filha especial que vive com a enfermeira. O filme vai mostrando as trajetórias das duas famílias e o final é emocionante. É um filme que nos faz refletir sobre a força que às vezes não temos para enfrentar coisas pequenas, enquanto outras pessoas enfrentam obstáculos tão maiores.


Bem, é essa a maior intenção do filme, é nos fazer pensar, refletir sobre nossas vidas. Muitos acharão familiar essa história, já que várias outras se originaram dela, inclusive a novela da Globo. Acho que Viver a Vida de 2009. Se não me engano é isso. Recomendo, principalmente para estudantes e pessoas que se interessam pelo tema.






Rafaela Valverde

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Livro O que é psicologia



Terminei de ler esse livro em três dias. É um livro pequeno, curto da coleção primeiros passos, que é uma coleção bastante conhecida por quem está no meio acadêmico e é bem simples e mostra vários assuntos de forma introdutória e sucinta. E eu gosto muito desse livrinho que é útil e utilizável. O tema da psicologia me trouxe alguns conceitos novos, como os conceitos das frustrações e ansiedade, mais conhecimento sobre Freud e a Psicanálise e sobre o papel do psicólogo e o mercado de trabalho nessa sociedade moderna. A autora que é bem objetiva em sua fala, faz ainda uma crítica ao psicologo e sugere direções para a prática profissional. Traz alguma coisa sobre a história da psicologia e o método cartesiano, para a construção de conhecimento e o tratamento da psicologia como ciência, uma nova ciência.


Rafaela Valverde

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...