Mostrando postagens com marcador Doces. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Doces. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 14 de março de 2017

O parque no domingo



Esse texto é um dos produtos da disciplina Criação Literária  do curso de Letras da UFBA, o tema é As moscas.


Era domingo e o parque estava cheio. A  tarde estava agradável e havia crianças por toda parte. Para a gente era dia de trabalho. Em um banco de cimento estava uma família: três crianças sentadas e um casal arrumando a toalha do piquenique. Brincavam, comiam doces e riam. Eram enormes como todos os humanos. Quase sempre matavam alguma de nós, sem querer. Nossos tamanhos eram desproporcionais, mas precisávamos arriscar.

Nos aproximamos timidamente. É injusto. As moscas voam e são bem mais rápidas. Há poucas notícias sobre mortes de moscas, enquanto há um bombardeamento delas em nossa colônia. Nossas amigas são esmagadas diariamente. Lá  estão as moscas, em cima da família, rondando, experimentando. Estão sempre presentes  e incomodam. Saem impunes. São livres. Voam rápido, saltitam, mesmo que sobre o lixo.

Iniciava o massacre. Algumas foram achatadas por pés ou mão desavisados. Nem toda formiga morria, mas em certos momentos quebravam nossas patinhas, impossibilitando nós de transportar a comida. Vivíamos presas ao chão, enquanto as mocas gozavam de inteira liberdade. Raramente alguém consegue atingir uma mosca. Parecendo, para nós, que as moscas são seres cósmicos super poderosos. Além de tudo, livres! Nossa, que inveja das moscas!

Do outro lado do parque, próximo de um carvalho de duzentos anos, vários pombos comiam farelos. Moscas disputavam espaço com as aves. Iam e voltavam da lixeira para comer restos de frutas, hambúrgueres e outros resíduos pútridos.

Duas moscas conversavam:

- As formigas estão de boa! Comem toda a comida fresca, quanto ficamos com naquinhos mal roubados ou lixo. Ainda temos que  fazer esforço para voar tão rápido.

- É, irmã, elas que têm sorte. Olha para lá, caminhando calmamente até a colônia, quanto eu tô aqui com a a asa machucada, voando para comer.

- Ainda temos que ficar aqui perto desses pombos nojentos, eca!

- Vamos, vamos lá para aquele banco. Aquela família tem bastante doce.





Rafaela Valverde

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Curso de preparação de tortas - Senac

Terminei no dia 01/07 um curso de preparação de tortas no Senac. O curso teve a duração de vinte horas e em cinco dias eu pude aprender muitas técnicas sobre tortas. Aprendi novas técnicas e aprendi as que não sabia. Pretendo em breve começar a trabalhar fazendo tortas, por conta própria. Porém ainda preciso ter dinheiro para comprar uns equipamentos simples. Além disso, pretendo fazer outros cursos na área lá mesmo no Senac que é uma boa instituição. Abaixo, algumas das tortas que aprendi a preparar lá:

Torta Baba de Moça

Torta cremosa de camarão

Torta com cobertura de vidro




Rafaela Valverde

terça-feira, 28 de junho de 2016

Meu primeiro curso no Senac

Imagem da internet
Ontem comecei um curso de preparação de tortas no Senac. Como foi o primeiro dia ainda não tivemos muitos ensinamentos, apenas o básico para começar e noções de higiene. O primeiro dia foi mais uma socialização. Gostei bastante do ambiente e da professora. É claro que o nome do Senac já é bem famoso e sua qualidade realmente é condizente com a fama que tem.

Eu me inscrevi nesse curso no mês de abril e lembro que passei uma manhã inteira lá. Apesar de ser um curso pago, a procura é grande e finalmente ontem começou. Escolhi para junho já que é o mês das minhas férias. Bem, as férias já estão acabando mas os meus aprendizados com bolos e tortas apenas estão começando.

Eu pretendo fazer outros cursos na área como confeitaria e bolos artísticos. Eu sempre fiz bolos, biscoitinhos e sempre gostei. Me especializar nessa área será importante para ter um plano B, para ter novas opções, variar e ampliar os  meus conhecimentos e ganhar meu dinheiro. Algumas pessoas já me perguntaram se eu não tenho foco, já que faço faculdade de Letras. 

Eu não entendo como as pessoas ainda acham que a gente só pode ser uma coisa na vida. Não, nós podemos fazer várias coisas. A vida está aí para isso, para fazer a gente mudar, conciliar coisas e fazer o que nos dar vontade. Além disso, em tempos de crise como hoje, uma crise que não se sabe quando vai acabar eu acho extremamente importante se qualificar, ganhar dinheiro por conta própria, empreender e ser criativo. Vamos, eu e minhas colegas de turma, aprender as principais técnicas da área, vamos "pegar as manhas" como se diz por aqui.


Rafaela Valverde

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Cinquenta fatos sobre mim

Bom, esses cinquenta itens estão prontos há alguns dias, mas acho que chegou o momento de divulgar, pois tem gente precisando me conhecer melhor. Pois bem, eis aí os 50 fatos sobre mim:

Imagem: internet
1 - Amo ler
2 - Amo brigadeiro de panela
3 - Tenho insônia desde a infância
4 - Sou ligada no 220 e faço várias coisas ao mesmo tempo
5 - Eu amo gatos e me derreto com bebês
6 - Amo comer e como muito
7 - Tenho uma personalidade forte
8 - Só faço o que eu quero
9 - Gosto de cozinhar e fazer bolos
10 - Aprendi a ler com cinco anos
11 - Não sei me maquiar direito (estou aprendendo)
12 - Prefiro conforto à moda
13 - Sou sincera e sempre falo o que me incomoda
14 - Não me privo de nada e sempre quero experimentar algo novo
15 - Não faço dieta e não gosto de academia
16 - Não me envolvo em confusão e fofoca
17 - Gosto de andar
18 - Sou livre e acho que as outras pessoas também são
19 - Amo praia
20 - Adoro acordar tarde, mas se necessário acordo cedo sem problemas
21 - Adoro que me chamem de Rafa
22 - Sou diferente da maioria e gosto disso
23 - Sou pontual, sempre
24 - Amo livros e sempre quero comprar mais
25 - Coleciono marcadores de páginas
26 - Sou desligadona em nomes de músicas
27 - Sou péssima com nomes, mas nunca esqueço um rosto
28 - Não julgo nada nem ninguém antes de conhecer
29 - Gosto de me cuidar, mas não sou obcecada
30 - Só durmo com ventilador ligado
31 - Venci o vício de roer unhas e agora as mantenho pintadas
32 - Não resisto a revista em quadrinhos (nenhuma)
33 - Detesto livros de auto - ajuda
34 - Odeio o politicamente correto
35 - Gosto de desenhos animados
36 - Escrevo poemas desde criança
37 - Lia livros proibidos na infância
38 - Sou muito tranquila em meus relacionamentos
39 - Não deixo o ciúme me dominar
40 - Lealdade em um relacionamento é mais importante do que a fidelidade em si
41 - Sou manteiga derretida
42 - Estudo muito e pesquiso sobre cabelos cacheados e como cuidar deles
43 - Sou muito curiosa, leio tudo e sou sedenta por conhecimento
44 - Não guardo mágoas e cultivo o bem
45 - Sou tolerante e paciente, mas não pise no meu calo, por que aí viro o contrário
46 - Amo literatura, filmes e comédias românticas
47 - Adoro esmaltes coloridos
48 - Fiz curso de datilografia na infância ( não sou velha!) rsrsrs
49 - Adoro rádio e música
50 - Sou bem humorada, faço piada e já me disseram que eu podia fazer stand up! Hahahaha


Bem, isso aí é um pouco de mim.



Rafaela Valverde


sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Eu gosto é de comer!

Foto: Google
Como as pessoas se privam de viver! Não aguento ouvir diariamente algumas pessoas dizerem que não comem determinada coisa ou determinada quantidade de comida para não engordar. Pura e simplesmente para não engordar. Geralmente ouço isso da boca de mulheres. Mulheres que se privam de sua vontade, do prazer de comer e de viver _comer é um dos maiores prazeres da vida _ passam fome mesmo e acham normal. Não podem engordar. Aquela calça nova tem que caber nela e o marido precisa continuar achando- a atraente.

Será que essas mulheres que vivem de dieta _dietas inúteis por sinal_não param para pensar que o problema pode estar nesse marido? Será que ele não deveria amá-la e achá-la linda e se não achasse mais, não deviam se separar? Será que ele não poderia achá-la atraente com pneuzinhos?

Não deixo de comer ou fazer quaisquer coisas para satisfazer a sociedade ou a um homem, mesmo que seja meu marido. Isso é injusto. Isso está errado, afinal alguns homens conservam por anos e anos suas barriguinhas inconvenientes de chope e não precisam prestar satisfação alguma para quem quer que seja.

Eu gosto de comer. Como de tudo. Desde um bom ensopado com bastante verdura, até pizza, coxinhas e todas as besteiras que existem no mundo. Doces então, nem se fala. Adoro!

Olhe quer saber: Viva a fome! Viva a gula! Viva a não privação! Viva a liberdade!



Rafaela Valverde

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Mudar a alimentação é essencial.

Estou no maior pique na academia. Hoje fiz uma aula coletiva, um pouco de bicicleta e depois treinei as pernas. A alimentação que é um dos fatores principais nesse meu mais novo objetivo também já passou por uma mudança drástica. Controlo o que como e a quantidade do que como durante a semana e no final de semana me dou ao luxo de comer umas besteiras. Mas só aos fins de semana mesmo. Cortei pão à noite, estou comendo quantidades menores, mais saladas e frutas, pão integral, leite desnatado, menos sal, feijão leve, etc. Refrigerante está praticamente abolido, só mesmo de vez em quando aos finais de semana, pelo menos não com a frequência de antes, que todo dia tomava coca -cola. Os doces foram quase  dedicados também apenas aos finais de semana, e os chicletes minhas paixões, foram trocados pelas versões sem açúcar. Enfim, diminuí também a fritura, agora é tudo assado, cozido ou grelhado, (chique!). Sempre gostei de frutas e sucos, portanto para mim, isso não é nenhum sacrifício. E realmente estou me sentindo mais leve, mais saudável, mais disposta, menos cansada, etc. Está sendo muito bom, essa mudança na minha saúde, na minha vida, e eu recomendo que as pessoas pratiquem atividades físicas, sejam lá qual for, as que lhes fizerem bem. Eu estou muito bem em meu novo estilo de vida e creio que isso me ajude na minha rotina que em breve será de novo me dividir entre trabalho, estudo, casa, e eu mesma.


Rafaela Valverde

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Entre outras metas: EMAGRECER!


Entrei numa de que quero emagrecer. Tenho três metas para o meu corpo em 2013. A primeira que foi inciada esse ano, foi a volta dos meus cachos e no ano que vem pretendo estar com uma cabelão cheio de cachos, a segunda coisa é usar lentes de contato e abandonar de vez os óculos e a terceira coisa é emagrecer. Pelo menos 20 quilos. Mas se emagrecer mais, melhor ainda, já que atualmente peso a bagatela de 87 kg. Volto para academia no próximo mês e agora já vou começar uma reeducação alimentar.

Descobri o blog Como Emagrecer hoje e trouxe algumas dicas que foram divulgadas por ele. Elas são:


  1. Divida suas refeições da seguinte maneira: desjejum, lanche, almoço, lanche, jantar e ceia, com intervalos de no máximo 3 horas.
  2. Evite pular alguma refeição, mesmo que você não sinta fome, pois quando a pessoa fica muitas horas sem comer pode ocorrer redução na concentração de glicose no sangue e você poderá sentir ansiedade, fadiga, náuseas, além de chegar na próxima refeição com muita fome.
  3. Ingira muito líquido durante o dia, no mínimo 2 litros, de preferência fora das refeições principais pois isto produzirá uma sensação de saciedade.
  4. Sempre que possível consuma verduras e legumes crus, pois apresentam um maior valor nutricional se comparados aos cozidos. Também são ricos em fibras, o que auxilia o funcionamento do intestino e apresentam um maior poder de saciedade.
  5. Procure praticar alguma atividade física, pelos seus inúmeros benefícios, tais como auxiliar no emagrecimento.
  6. Controle a quantidade de gordura e açúcar ingeridos. Na hora de preparar as refeições use o mínimo possível de óleo e dê preferência às carnes grelhadas, assadas ou cozidas. Quanto ao açúcar substitua por adoçantes.
  7. Utilize o sal com moderação para evitar a retenção de líquidos.
  8. Não desconte suas angustias, preocupações e ansiedades na comida; isso somente irá dificultar as coisas, tente resolver os problemas separadamente.
  9. Mastigue bem os alimentos, e aprenda a saboreá-los. O processo de mastigação estimula o centro da saciedade no cérebro. Isto leva em torno de 20 a 30 minutos para ocorrer, portanto evite comer muito rápido para não continuar sentindo fome e conseqüentemente comer mais.
  10. Procure iniciar o almoço e o jantar com salada, pois a tendência será controlar o consumo do prato quente.
  11. Dê preferência aos alimentos light, pois fornecem em média 30% menos gorduras e cuidado com os produtos dietéticos, eles nem sempre tem baixas calorias.
  12. Ao se exceder na alimentação aumente a atividade física.
  13. Evite ter em casa produtos que, no momento, você deve evitar, para não cair na tentação.
  14. Apaixone-se por você, cultive a auto-imagem e o pensamento positivo. Esta é a maior motivação para continuar a dieta.
  15. Use e abuse dos chás de erva-cidreira, erva-doce, camomila, etc. Evite os chás com cafeína, como o preto e o mate pois eles deixam você mais ansioso.
  16. Prefira alimentos integrais ao invés dos refinados. Eles contêm mais fibras e nutrientes.




terça-feira, 26 de junho de 2012

Brigadeiro de batedeira

Descobri na net uma receita de brigadeiro de batedeira e não resisti. Na verdade resolvi publicar aqui para registrar essa receita que deve ser deliciosa e não esquecer mais dela. E aí pus também a receita do bolo, Vou fazer em breve e conto para vocês.

Ingredientes para a massa do bolo:
  • 02 xícaras de farinha de trigo
  • 04 ovos
  • 02 xícaras de açúcar
  • 01 xícara e ½ de leite
  • 01 xícara de manteiga
  • 01 xícara de chocolate em pó
  • 01 colher de sopa de fermento

Modo de preparo da massa:
  • Bata na batedeira a manteiga com o açúcar até ficar bem fofo;
  • Acrescente os ovos um a um;
  • Coloque o chocolate, a farinha e o leite;
  • Bata até ficar homogêneo;
  • Desligue a batedeira e misture delicadamente o fermento em pó;
  • Leve ao forno por 35 minutos a 180° C.

Ingredientes para o brigadeiro na batedeira:
  • 02 latas de leite condensado
  • 05 colheres de sopa de margarina
  • 10 colheres de sopa de chocolate em pó ou achocolatado

Modo de preparo do brigadeiro na batedeira:
  • Bata na batedeira em velocidade alta o leite condensado e a margarina por aproximadamente 10 minutos;
  • Quando estiver bem fofo, acrescente o chocolate e bata por mais 03 minutos;
  • Assim que o bolo esfriar, corte-o ao meio e recheie;
  • Decore como desejado e sirva gelado;
  • Use a imaginação e aproveite a textura e coloque dentro de um saco de confeiteiro, use o bico de pitanga ou de flor para decorar todo o bolo.

Fonte: http://br.mulher.yahoo.com/blogs/penacozinha/brigadeiro-panela.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...