sábado, 26 de março de 2016

Filme O Perfume da Memória

Imagem da internet
Ontem assisti o filme O perfume da memória de Oswaldo Montenegro que comemora 40 anos de carreira com esse longa metragem que é o seu terceiro. O filme foi disponibilizado no canal do Youtube do diretor que também é um dos melhores cantores e compositores brasileiros, na minha humilde opinião, o filme foi feito sem patrocínio, com recursos dele mesmo.

“A história é sobre a paixão entre duas mulheres, mas não impõe bandeiras. É amor sem signos fechados. Essas duas mulheres poderiam ser substituídas por um homem e uma mulher ou por dois homens. O PERFUME DA MEMÓRIA trata do amar, como verbo. E o amar, como verbo, dispensa substantivos, dispensa rótulos” (Rodrigo Fonseca, crítico de cinema, O ESTADO DE S. PAULO). (Trecho retirado do site do artista)

O filme é uma das coisas mais lindas que eu já vi na minha vida e foi indicado pela minha amiga Fernanda. O texto fílmico é conduzido através da narração de Oswaldo e através de belas músicas. Há pequenas e ao mesmo tempo magnânimas interrupções de uma flautista e uma violinista que banham o filme de boa música, poesia e ludicidade.

O filme é passado em uma noite, duas mulheres se encontram e se conhecem muito profundamente em apenas uma noite. Uma delas está sofrendo pelo fim do seu casamento. Laura passa o seu aniversário com o que segundo ela é a "segunda pior dor do mundo" que é a dor de ser abandonada. Bem, claro que logo eu me identifiquei com ela, que além de tudo é taurina, o que é evidenciado em dos diálogos entre ela e Anna. Qualidades e defeitos dos taurinos também são evidenciados. 

É claro que esse apenas um dos detalhes do filme que é de uma beleza arrebatadora. As músicas, a praia, a noite, a dor de amor, a frustração, o abandono, a amizade, a liberdade, modos diferenciados de vida... Tudo isso enriquece a narração que me fez derramar mil litros de lágrimas! Além de ser taurina e estar sofrendo por amor, Laura escreve (aumentou mais ainda a minha identificação) e é isso que faz Anna se aproximar dela e conhecê-la no dia do seu aniversário.

As duas mulheres tão parecidas e tão diferentes sentem uma magia, algo tão intenso que começou em uma noite, mas o pico é um segredo de umas das duas que  pode mudar todo o rumo da história e fez a mim como expectadora refletir e ligar vários pontos. A atuação das duas atrizes que não são conhecidas pela grande mídia é excelente. Elas são as atrizes: Kamila Pistori e Amandha Monteiro e são ótimas. O filme não seria o mesmo sem elas. Todo o sentimento e emoção que me levaram as lágrimas foram genialmente mediadas pelas duas atrizes, mescladas com a narração e a música.

O filme está no Youtube e tem pouco mais de uma hora. Vale muito a pena assistir e foi a hora mais bem aproveitada por mim nos últimos tempos. Eu amei, me identifiquei muito com o filme, com a arte, com o texto, com as músicas. Vou finalizar falando o que minha amiga Fernanda me falou: " tente não chorar." 




Rafaela Valverde
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...