quinta-feira, 25 de junho de 2015

Gatos não são traiçoeiros. Pessoas são traiçoeiras.

Foto: Google
Como é possível alguém dizer que não gosta de gato sem ao menos ter tido um gato na vida? Como pode alguém abrir a boca para dizer que gato é traiçoeiro? Como é isso? Eu não entendo essa frase que parece que todo mundo repete sem se perguntar o porquê como se fosse um mantra e se nenhuma explicação. Eu peço para a pessoa me explicar por que o gato é traiçoeiro e ela me diz que não sabe o que o gato está pensando. E vocês sabem o que cachorro ou qualquer outro animal pensa? Sabe eu preciso me controlar para não dar na cara dessa gente!

Nem os médicos veterinários, nem os mais renomados estudiosos da área anima tem provas se os bichos realmente pensam, aí de repente vem uma pessoa cabeçuda e solta uma dessa! Realmente eu nunca vou saber o motivo de as pessoas pensarem que gato é traiçoeiro. Gato é livre, tem personalidade própria e não é subserviente como os cachorros. Além de ser um exímio caçador, é claro. Acho que na verdade, essas pessoas têm é inveja da liberdade dos gatos. Uma liberdade tão natural, uma liberdade que não pede licença.

Gato é amoroso! Oh e como sou cercada de amor diariamente. Mas é um amor livre. Sem necessidade de lambidas e babação o tempo inteiro. Quando a gente não está afim de papo, o gato se recolhe e sabe seu lugar (rsrs às vezes). É um bicho fofo, muito fofo, que só de estar deitado dormindo já é fofo. Não precisa de artifícios. É um pouco folgado e faz de sua cama todos os lugares da casa. Mas os lugares mais inusitados mesmo. Gato é o bicho que eu escolhi para estar comigo. É o bicho silencioso e que pode ser considerado filosofia de vida. Sempre vou defender, esse que é um animal tão hostilizado injustamente.



Rafaela Valverde

Livro A culpa é das estrelas

Foto: Reprodução/ Google
Li o livro A culpa é das estrelas novamente. E como sempre amei, isso não poderia ser diferente não,é?  Nada supera a leitura do livro físico, já que eu li há um ano no computador. Bem, a história do livro e de Hazel Grace e o fato de ela ter câncer todo mundo conhece. Até virou filme! 

Pois bem, o livro traz a deliciosa narrativa da vida e da morte de dois adolescentes que se conhecem em meio ao que poderia ser uma tragédia, mas eles tentam transformar a tragédia na mais graciosa história de amor e companheirismo que se pode haver nesse momento. 

Hazel conhece Augustus Waters em um grupo de apoio e se aproximam logo de primeira. O humor dessa dupla é inabalável. Eles passam a namorar e até vão para Amsterdã por conta do livro Uma Aflição Imperial, livro preferido de Hazel. Em meio a essa aventura e em meio a uma narrativa deliciosa, que flui, a gente vai se apaixonando por esses dois adolescentes que enfrentam coisas que nem todos têm coragem de enfrentar na vida. É um livro genial e eu amo! Sem mais spoilers. Leiam. Vocês vão amar.




Rafaela Valverde
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...