sábado, 30 de junho de 2012

Alfabetização e Letramento


Usarei esse vídeo em uma apresentação. Pelo menos os três primeiros minutos dele, já que ele tem quase quinze minutos. É um vídeo didático e interessante pois aproxima bastante de nós, do nosso cotidiano, o conceito de letramento.

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Unidade de emergência de São Marcos, só elogios

Ontem tive a oportunidade de levar minha avó em uma Unidade de Emergência no bairro de São Marcos, bem aqui próximo. Esse é o único posto 24 horas que temos nessa região e é administrado pela fundação Monte Tabor, que também administra o Hospital São Rafael. Foi doado à prefeitura de Salvador em 2000 e tem como modelo de gestão a administração público-privada, com caráter de função pública, cumprindo as diretrizes do SUS. 

É muito bem equipado, minha vó foi atendida com presteza, eficiência e real prioridade. Assim que chegamos e eu fiz a ficha dela, fomos chamados a uma sala de triagem onde aferiram a pressão e puseram um instrumento no dedo, que eu não sabia para que servia e só depois a médica explicou que era para medir o oxigênio. Em seguida a mesma enfermeira que nos atendeu nos levou diretamente à sala da médica, onde se iniciou o atendimento. Nenhuma espera nesse momento. Em seguida a médica passou a medicação e ela foi encaminhada para uma pequena salinha, bem limpinha e organizada, onde eu pude ver algumas poltronas e cadeiras que as pessoas se sentavam para tomar a medicação. Ela tomou soro e medicação, por aproximadamente 30 minutos. 

Enquanto aguardava no corredor continuei observando o funcionamento do posto. Vi bastante médicos e enfermeiros, além de técnicos, uma profissional de farmácia e um da área de radiologia. Pátio externo com assentos e várias outras áreas que eu não pude observar. Duas coisas que me chamaram mais atenção: um setor para pesquisas e o bom atendimento dos profissionais, sem aquela costumeira morosidade e cara feia de funcionários de hospitais de postos  exclusivamente públicos. Eu gostei muito dessa unidade de emergência e venho a público dar os meus parabéns. Serviço e atendimento de primeira para as pessoas pobres. Viu que é possível fazer um bom trabalho, quando realmente se deseja? Por mais que seja em parceria com a inciativa privada, é um posto da Prefeitura Municipal de Salvador e  eu louvo o projeto rezo para que essa qualidade chegue a outros locais de nossa cidade que são tão precisados!!!

O posto funciona 24 horas por dia, é o único em pronto-atendimento da rede pública do Distrito de Pau da Lima e conta ainda com laboratório de análises clínicas, radiologia, uma equipe de médicos plantonistas em três especialidades e suporte de primeiros socorros para pacientes em risco iminente de vida (respirador, monitor cardiovascular, marcapasso externo e ambulância com UTI móvel).

A Unidade atende cerca de 98.900 pacientes por ano, além de realizar mais de 229.700 procedimentos no mesmo período, com um quadro de 154 profissionais.

Box especial de Sidney Sheldon

Estou lendo uma série de três livros juvenis de Sidney Sheldon. Ler é a minha cachaça e toda leitura é válida, por isso adoro livros infantis e juvenis e ainda mais de Sidney Sheldon. O primeiro foi Os doze mandamentos que coloquei aqui, E hoje começo a ler A perseguição. O outro eu não tenho certeza, mas acho que é o estrangulador. Esses três filmes, fazem parte de um box que eu comprei já algum tempo, mas só agora tive a oportunidade de ler. Essas capas que estou colocando no blog, não são as mesmas que eu tenho aqui. São livros novos, em uma nova edição revisada, e muito bonitos, em edição de bolso.

Os doze mandamentos traz a desconstrução da visão de dez mandamentos e traz doze e uma série de contos com  pessoas que fizeram sucesso ou não ao desobedecer cada um desses mandamentos. Sensacional! Apesar de juvenil, um texto fantástico, como não poderia deixar de ser um texto de Sidney Sheldon. Dá até para refletir um pouco em cima dessas regras que lançam para a gente e a gente não percebe o que tem por trás, só obedece. Fantástico!

O caos da educação: por Jorge Portugal

Jorge Portugal diz que contrato milionário é para pagar professores "de ponta" da rede particular
Foto: Metro1
Que absurda essa história de Jorge Portugal com o governo do estado. De acordo com o que eu entendi, o governo contratou a empresa Abaís Conteúdos Educativos e Produção Cultural desse professor com um contrato de quase dois milhões  de reais para "tapar buracos" dando aulas para os alunos do terceiro ano da rede estadual com o intuito de prepará-los para o Enem. Já que os professores estão em greve há quase oitenta dias e o governo não toma nenhuma providência. A providência que se tomou foi essa?

Bem, segundo o próprio Jorge Portugal o valor do contrato com a quantia de  R$ 1.591.774.80, se justifica devido a qualidade dos professores que estão trabalhando no projeto. Segundo ele, são professores de ponta, de grandes escolas particulares de Salvador e que já estão acostumados a ganhar bem. Ainda segundo o professor, cada professor será remunerado com R$ 250,00 por aula - enquanto um professor da rede estadual recebe R$ 8,40 por hora/aula -  eles não aceitariam receber menos.

Ainda me baseando nas falas do professor, Jorge Portugal que disse que educação é investimento e que devemos no Brasil, nos conscientizar disso e que ele vai apoiar os alunos, apesar de respeitar os professores e que os salários deles devem mesmo ser aumentados e ainda mais do que os 22% estabelecidos em lei, eu digo que estamos vivendo em um circo de horrores onde a educação está sendo desrespeitada ao extremo, as crianças e adolescentes estão sendo desrespeitados e os professores idem.

Agora com a proximidade da prova do Enem que substitui esse ano a primeira fase da UFBA, a situação fica pior. Não sei como isso vai acabar e não sei se as pessoas vão lembrar disso daqui a alguns anos e pior daqui a alguns meses na hora de votar. O desespero dos pais e dos alunos é notável, mas felizmente tenho observado mais protestos, mas críticas e pessoas mais politizadas e informadas. Mas também a internet está aí para isso! Estamos, em minha opinião, tendo reações diferentes daquelas obtidas em 2007, quando tivemos uma greve de quase 60 dias, quando eu ainda era estudante do ensino médio. Penso eu que algumas pessoas, principalmente os estudantes, estão um pouco mais politizados e conscientes dos seus direitos e deveres, e cobrando mais do governo.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Grupo Metrópole, novo curso e a morte


Ontem fui a um evento na livraria cultura, no teatro Eva Hertez. Mais uma vez foi promovido pela rádio Metrópole, foi uma entrevista realizada por Mário Kértesz a todos os apresentadores de todos os programas da rádio. Foi uma noite divertidíssima, maravilhosa! Vi quem ainda não conhecia e tive o prazer de ouvir mais uma vez a história da rádio e de seus integrantes. Gargalhei, chorei e adorei a noite. Que prazer participar desse grupo, é por que sendo uma ouvinte tão fiel, me imagino já fazendo parte dessa família. É um grupo muito especial na minha vida. Ela, a minha vida se resume antes e depois da Rádio Metrópole aparecer. Ontem foi uma noite emocionante, principalmente pelo provisório afastamento de Mário dos microfones da rádio. Essa despedida deve- se a candidatura de Mário a prefeitura de Salvador. Eu particularmente, não queria abrir mão dele por causa disso, mas não tem jeito e tenho certeza que é uma ótima causa, por isso apoiarei incondicionalmente. Não tenho como descrever a minha noite de ontem. Só sei que foi muito boa.

Mudando um pouco de assunto, tenho andado sem vontade de ir para a faculdade ultimamente, acho que estou me desmotivando pelo curso. E estou pensando muito seriamente em mudar de curso, fazendo um novo vestibular. Não vou pleitear a transferência interna não (até por que o prazo já acabou) e por que é tão complicado que eu prefiro fazer um novo vestibular que é menos complicado. O curso que pretendo cursar ainda não vou dizer. É ainda só uma ideia, que vai amadurecer aos poucos. Mais uma nova etapa vai se iniciar e eu preciso de muita força e pensar muito no que eu quero e no que eu não quero. Novas demandas surgiram, novas perspectivas surgiram e novas necessidades surgiram.

Hoje é um dia triste para mim, pois perdi uma pessoa que apesar de estar afastada, era muito querida. A morte é uma incógnita que nunca vamos nos conformar, mas que a mesmo tempo nos motiva a viver a vida da melhor forma possível. Estou triste,cansada e com dores diversas. Um dia que não dá para esquecer. A perda é uma dor como nenhuma outra. É incrível como estamos com uma pessoa em um dia, e no dia seguinte ela morre. Foi o que aconteceu comigo. Assim termino a postagem.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Brigadeiro de batedeira

Descobri na net uma receita de brigadeiro de batedeira e não resisti. Na verdade resolvi publicar aqui para registrar essa receita que deve ser deliciosa e não esquecer mais dela. E aí pus também a receita do bolo, Vou fazer em breve e conto para vocês.

Ingredientes para a massa do bolo:
  • 02 xícaras de farinha de trigo
  • 04 ovos
  • 02 xícaras de açúcar
  • 01 xícara e ½ de leite
  • 01 xícara de manteiga
  • 01 xícara de chocolate em pó
  • 01 colher de sopa de fermento

Modo de preparo da massa:
  • Bata na batedeira a manteiga com o açúcar até ficar bem fofo;
  • Acrescente os ovos um a um;
  • Coloque o chocolate, a farinha e o leite;
  • Bata até ficar homogêneo;
  • Desligue a batedeira e misture delicadamente o fermento em pó;
  • Leve ao forno por 35 minutos a 180° C.

Ingredientes para o brigadeiro na batedeira:
  • 02 latas de leite condensado
  • 05 colheres de sopa de margarina
  • 10 colheres de sopa de chocolate em pó ou achocolatado

Modo de preparo do brigadeiro na batedeira:
  • Bata na batedeira em velocidade alta o leite condensado e a margarina por aproximadamente 10 minutos;
  • Quando estiver bem fofo, acrescente o chocolate e bata por mais 03 minutos;
  • Assim que o bolo esfriar, corte-o ao meio e recheie;
  • Decore como desejado e sirva gelado;
  • Use a imaginação e aproveite a textura e coloque dentro de um saco de confeiteiro, use o bico de pitanga ou de flor para decorar todo o bolo.

Fonte: http://br.mulher.yahoo.com/blogs/penacozinha/brigadeiro-panela.html

segunda-feira, 25 de junho de 2012

A vida é para viver e não para desistir

Ando com uma grande vocação para desistir. Tenho desistido de várias coisas. Não tenho tido muito ânimo para levar certas coisas até o fim. Geralmente eu tenho essa característica mesmo. E estava estranhando por que ela não estava aparecendo ultimamente. Mas de uns meses pra cá ela vem ressurgindo e eu não estou fazendo questão de afugentá-la. Não estou tendo atitude para tanto. Mas isso também não durar para sempre, não é? Eu fui assim a minha vida toda e sempre achei que um dia ia mudar, "quando a maturidade chegar", mas eu digo maturidade, mas eu digo aquela de idade mesmo. Acho que a idade vai deixando a gente mais tranquilo, mais sereno. Até mesmo acomodado, sabe? Mas acomodado no bom sentido, naquele sentido de não se agoniar com tantas coisas, como me me sinto agora. Querendo tudo logo, pra ontem! Não dá para ser assim. Sou muito assim, apressada, mas até que melhorei mais. A adultez me trouxe esse entendimento de uma relativa tranquilidade. Mas ainda assim, ainda espero mudar mais, melhorar mais, pois afinal de contas: Sempre há tempo de voltar atrás, de mudar de ideia, de melhorar, de ser mais..

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Níveis de aquisição da escrita nas crianças

 Hoje eu vou falar sobre os níveis de escrita das crianças. Esses níveis foram desenvolvidos por Emília Ferreiro e Ana Teberosky, em A psicogênese da Língua escrita (1991), livro que como vocês sabem eu estou lendo. Mas também estou destrinchando esses conteúdos em duas disciplinas que pego. Com esse atraso de disciplinas, algumas acabam sendo quase idênticas. Vou falar aqui sobre as fases de aquisição da escrita pela criança. Inclusive tenho uma prova pavorosa para analisar e entregar terça feira!

Segundo essas autoras, a construção da escrita  passa por diversas etapas de construção, definidas a partir dos seguintes níveis:
Nível I - hipótese pré- silábica I;
Nível II - hipótese pré silábica II;
Nível III - hipótese silábica;
Nível IV- hipótese silábico- alfabética;
Nível V - hipótese alfabética.

Os dois primeiros se referem às concepções sobre a língua escrita que antecedem o conhecimento da relação entre o padrão sonoro da palavra e sua representação escrita que antecedem o conhecimento da relação entre o padrão sonoro da palavra e sua representação escrita. Os níveis seguintes se referem à fonetização da escrita. Os níveis seguintes se referem à fonetização da escrita que se inicia com um período silábico, passa pelo silábico-alfabético e culmina no período alfabético. 

No período silábico, as crianças procuram fazer correspondências entre o caractere e a sílaba que está escrevendo. Ou seja, uma letra para cada sílaba. O período silábico- alfabético, é uma fase intermediária entre a hipótese silábica e a alfabética. A hipótese alfabética já há a similaridade de grafemas com fonemas, em que diferenças nas letras, implica sons diferentes.

Nível I- As escritas se assemelham muito entre si, o que não impede que a criança as considere como diferentes, FERREIRO e TEBEROSKY (1999). Essa escrita não serve como transmissão de informação. Traz inicialmente representações como desenhos, garatujas e rabiscos. Aos poucos vai se desenvolvendo através de um traçado linear com formas diferentes, em um grafismo primitivo, escrevem com letras inventadas ou de uma forma totalmente aleatória. Levantam a hipótese de que é preciso variar a quantidade de letras (princípio da quantidade mínima) e os caracteres ( não são letras, a criança não tem noção de letras, pois letra só é letra quando relacionada com fonema, com som) precisam ser diferentes (variação qualitativa) para que se possa escrever. A criança espera que a escrita dos nomes seja proporcional ao tamanho. 

Nível II- As crianças começam a escrever buscando variar as letras  com relação à posição e à forma para escrever palavras diferentes. Começa a perceber algumas semelhanças entre a pronúncia e a escrita, principalmente referente aos sons iniciais ou finais. Também seguem a variedade e quantidade.

Nível III- As escritas silábicas apresentam as primeiras tentativas de correspondência termo a termo entre letra e som. Começam a adquirir valores sonoros. Também escrevem representando com cada letra uma sílaba, mas já de uma forma amadurecida, onde já podemos identificar melhor as palavras. Mas ainda está como um nível intermediário.

Nível IV - Período de instabilidade entre um sistema silábico contraditório e um esboço do sistema alfabético. A criança se dá conta que uma grafia para cada sílaba não é suficiente para representar as  palavras, pois escrevendo silabicamente nem ele nem ninguém consegue ler o que foi escrito. A criança começa a descobrir que a sílaba não é mais uma unidade, mas se compõe de partes menores. No entanto, em algumas vezes ela ainda faz isso e em outras vezes escreve uma letra para cada fonema.

Nível V- É o final dessa evolução. A criança abandona a análise silábica e estabelece uma correspondência mais sistemática entre grafemas e fonemas. As escritas são produzidas de acordo com o príncípio fundamental do sistema alfabético de escrita, cuja similaridade do som implica similaridade de letras. As crianças aprofundam ainda mais a análise fonológica das palavras. Usam agora letras como unidade mínima de escrita. Nesse momento, a criança estruturou o sistema alfabético da língua escrita.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

"Ainda está solteira"? - Jana Rosa- Revista Gloss



 A colunista Jana Rosa, da revista Gloss, sugere sete maneiras inteligentes (e indecentes) de responder à pergunta mais cretina de todas.


1. Responda de igual para igual: "Calma aí, para tudo! E você que está gravida?Que benção, hein! E pela barriguinha já deve estar pra nascer, estou certa?"

2. Mude de assunto: "Ai Fulana, parece que tem uma coisinha no seu dente...". Aí você faz aquele movimento de passar o dedo no dente fingindo discrição. E deixa a amiga louca, à procura de um espelho.

3. Banque a superior: " Sabe como é, estudos apontam que as mulheres que se viram sozinhas tem QI maior e que as que sempre têm namorado viram barangas mais cedo".

4. Reconheça - é o fim ficar sozinha: " Imagina, estou noiva do Pedro há um ano. Ele é ótimo, mas somos muito discretos: o cara tá na África do Sul, a trabalho. É milionário e morre de medo de sequestro! Qualquer dia te mostro a foto..."

5. Meta medo: "Sabe, é complicado... Passei o último ano enquadrada - por formação de quadrilha e outros crimes que prefiro não falar agora. Aliás, está com tempo? Estou indo num pico ali no centro fazer um rolé com uns parceiros que conheci na cadeia. Não quer ir junto?"  - Esse forçou e ficou sem lógica, né?!

6. Ataque: Na real, estava esperando você. Quando vai me dar uma chance? Tenho certeza de que não vai se arrepender..." (Só não use essa com sua tia ou avó, ok?)

7. Seja direta: Não é da sua conta, né, fofa? Aproveita e cuida da sua vida - dá uma passadinha no salão e hidrata esses fios."


Agora, saia maravilhosa, jogando o SEU cabelo, pra mostrar que é solteira e tem um poder de sedução invejável.

Edição Junho 2012 - Nº 57 

Mais uma coisa que me emocionou no facebook

terça-feira, 19 de junho de 2012

Mais mudanças no blog e atitudes machistas!

Atenção, fiquem de olhos nos novos recursos que virão no blog. Sempre virão coisas novas, pois eu não me canso de melhorar. Melhorar muito bom. Tem uma página na parte do superior do blog, que vai ser dedicada ao meus textos poéticos. Aos meus poemas  que já estão prontos. Não são muitos, esses que já estão prontos e tem uns de quando eu era criança, pré adolescente. Tem vários, um temático que eu fiz agora, depois que entrei na universidade e que até já divulguei aqui. Enfim, vou publicar vários textos meus nessa sessão. Espero que gostem. O bloguinho está crescendo! Espero que cresca cada vez mais. É bom ver o nosso trabalho dando certo e dando frutos. Ah, o meu perfil ( com uma foto que eu adoro!) está em "Coisas e casos sobre mim..." , também na parte superior do blog, nas abas. O meu próximo passo comcerteza, será a compra do meu próprio domínio, mas isso só mais para frente. A divulgação maior está sendo feita através do facebook, com a nossa página, onde atualizo diariamente os meus posts e os posts de blogs que eu sigo. Nem no auge do orkut, com a divulgação eterna que eu fazia lá no meu perfil, eu consegui fazer uma divulgação tão grande! Eu gosto muito de escrever e agora que tenho um tempinho maior, com cereteza estarei aqui mais vezes, discutindo a sociedade e suas mazelas, os fatos cotidianos que tanto nos afligem, combaterei todo tipo de dicriminação, principalmente racial e contra as mulheres e serei eu mesma. Ah eu não posso esquecer da educação, que está tão presente na minha vida. Eu que estou todos os dias debatendo e tentando entender a educação e como ela vem sendo tratada no Brasil, ao longo desses séculos de existência. Da educação jesuística à educação dos nossos dias contemporâneos, globalizada e cada vez mais elitizada e falsamente acessível. Comentar, discutir e tentar entender fatos cotidianos, além de ler nas entrelinhas, é o que mais gosto de fazer aqui e conto com vocês para isso.
Quero só falar mais uma coisinha para finalizar. Tenho ouvido comentários e afirmações tão machistas ultimamente que tem chegado a me chocar. Coisas toscas como "Mulher de cabelo curto, fica parecendo machão.Odeio cabelo curto. Mulher tem que ter cabelão!" Para quê? Para algum homem idiota puxar? E o pior de tudo é que quem proferiu essas belas palavras foi uma mulher, cuja fala eu rebati na mesma hora! Estou cansada desse tipo de comportamento. Ainda mais vindo de lábios e cérebro femininos, que eram quem mais deveriam lutar por esse tipo de comentário infantil e baixamente machista. Esse mesmo tipo de mulher aceita transar com o parceiro sem camisinha, só por que ele não gosta e ela tem toda a responsabilidade de prevenir uma gravidez e prevenção contra doença, não existe! Esse mesmo tipo de mulher cria as filhas e os filhos com essa mentalidade antiquada. Esse mesmo tipo de mulher se submete a todo tipo de maltrato só para não ficar sozinha. Nunca vou aceitar isso!

segunda-feira, 18 de junho de 2012

O Rio + 20 e os seus "resultados"?

E aí gostaram do novo visual do blog? Agora é um blog meu. Eu aprendi a colocar esse novo plano de fundo e fiz uma coisa realmente minha. Ainda estou com um probleminha, pois as postagens na página inicial, ainda estão incompletas. Não aparecem ainda as sete postagens que eu configurei para que aparecessem. 
Quero comentar um pouco sobre a Rio + 20. Como não tenho tempo de acompanhar nada a fundo, então me baseio sempre no que ouço, ou leio. O que ouço é no Jornal Nacional, e o que leio é em sites de notícias. Eu sei que existe um documento que serve como acordo para todos os países envolvidos, para que haja ações mais sustentáveis. A notícia que temos hoje é:

"A tendência, segundo os negociadores, é fechar um documento, no qual seja fortalecido o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) sinalizando para que futuramente seja criado um órgão independente, detalhando a proteção das águas oceânicas e uma espécie de bloco destinado aos financiamentos, mas sem cifras precisas.

O texto, segundo os negociadores, deverá encerrar até 2013 os debates sobre a possibilidade de criar um fundo específico para o desenvolvimento sustentável. Inicialmente, o Brasil e vários países em desenvolvimento defendiam a criação do fundo, começando com US$ 30 bilhões e podendo chegar a US$ 100 bilhões, em 2018. Porém, os países ricos vetaram a proposta alegando dificuldades econômicas internas."     FONTE: 
http://www.metro1.com.br/portal/?varSession=noticia&varEditoriaId=3&varId=11089 

Trouxe essa notícia, por que quero destacar o suposto engajamento dos países envolvidos nessa causa, que como todas as outras nesse sentido ficarão no papel apenas. Por que não adianta fazer acordos, para mostrar para os órgãos internacionais que estamos unidos em prol de alguma coisa, se não vai existir a possibilidade de abrirmos mão de todo o conforto  e avanço tecnológico que temos hoje. Nem o sistema capitalista vai permitir e nem nós vamos querer acabar com o ritmo desenfreado de consumo e descarte de materiais existentes hoje em nossa sociedade.

Em segundo lugar com uma país com ainda tanta miséria e pobreza e tantas pessoas sem a educação necessária para manter um país com um desenvolvimento sustentável que se preze, como é que vamos conseguir manter qualquer tipo de acordo como o desse documento que pode ser finalizado hoje? Com tantas pessoas vivendo em áreas miseráveis, sem ao menos saneamento básico ou energia elétrica, com esgoto e lixo à céu aberto, sem o mínimo de conhecimento sobre separação e descarte de lixo. Pessoas vivendo em condições subumanas que ao menos tem o que comer, vão se preocupar em preservar o planeta? Essas pessoas vão querer antes de tudo preservar a elas mesmas e tentar vencer alguma batalha nessa luta diária pela sobrevivência.

Obviamente não desprezo a iniciativa de debates sobre o tema. Deve mesmo haver discussões, debates e muitas conversas internacionais sobre o assunto que é muito importante e também não vou dizer aqui que existem coisas mais importantes. Não! Seria leviandade minha. O que digo é que não vejo solução para esse assunto chamado sustentabilidade e meio ambiente, enquanto não se investir pesadamente nesses aspectos que já citei, devem ser processos concomitantes, já que em um grande planeta desigual, a maioria das pessoas vivem em condições onde é impossível preservar alguma coisa, que não seja elas mesmas!

Um vídeo para analisar e pensar a educação brasileira

Esse vídeo resume bem a trajetória e insucessos da escola em nosso país e traça uma rota significativa no que diz respeito a análise educacional brasileira e as possíveis soluções para esse problema tão sério que temos em nosso país.


Mudando paradigmas da educação


Salvem as nossas crianças desse modelo atual de escolas!!

Uma pequena luz

Hoje estou com uma boa sensação em relação a tudo. As coisas tem que começar a andar, a correr, a se acelerar, para o bem. Para o melhor. As coisas precisam se encaixar e eu preciso acreditar nisso. é muito difícil tomar essa injeção de ânimo assim todos os dias. Esses picos de humor, me matam. Alterações para bom e para ruim. Estou convivendo com doença, esses últimos dois dias, já que o meu tio parece que está com infecção intestinal e eu estou tendo cuidar dele e de minha vó. Mas em compensação recebi uma boa notícia, que provavelmente o dinheiro da bolsa da monitoria que eu já tinha comentado aqui há alguns dias, vai sair amanhã. Eu espero que isso realmente aconteça, pois já estou ficando até sem desodorante. Imaginem? O bicho está pegando financeiramente e por isso tenho andado um pouco chateada. Aliás bastante chateada, se ânimo até para ler, que eu gosto tanto. Espero que agora as coisas tomem um pé e sigam em frente e que tudo continue dando relativamente certo.Espero que comecem a surgir motivos reais para sorrir novamente.

sábado, 16 de junho de 2012

Problemas no blog

Estou com um probleminha. O layout do blog só está mostrando uma postagem e razão dessa postagem existir é para eu verificar se vai voltar ao normal. Em quatro anos nunca tive esse problema, estou achando meio estranho. Se alguém souber, tiver alguma ideia do que pode estar acontecendo me fala, por favor. Vou ver se eu consigo mudar o layout. Por isso não estranhem. Vou continuar tentando resolver o problema.