sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Crescimento como pessoa e saudades do Severino Vieira

Hoje eu fui fazer a prova final de história social da infância, muito irritada por sinal. Mas passou e afinal de contas deu tudo certo, pois eu fui aprovada com um ponto e meio a mais do que eu precisava. Estou me descobrindo a cada dia como pessoa, como mulher adulta. Com novas músicas que conheço, novas pessoas que converso, novas experiências que experimento a cada dia. Isso tem sido um aprendizado muito grande para mim. Sabe, por mais que eu queira ou imagine, nenhum dia é igual a outro em nenhum aspecto, em nenhuma dimensão. Tenho observado muitas coisas, principalmente das outras pessoas e isso tem me ajudado a crescer como pessoa.
Não sei se cheguei a escrever isso aqui, mas essa semana eu fui fazer capacitação das VSBA, no Severino Vieira, meu colégio amado, onde vivi tantas coisas boas, conheci tanta gente boa e o amor de minha vida. Nossa como eu sinto saudade daquele tempo. Andar pelos corredores me faz reviver todos aqueles momentos, bons e conturbados novamente. A volta é sempre muito nostálgica e emocionante. E é impressionante como o tempo passa rápido. Saí de lá em 2007, mas as lembranças parecem estar tão vivas dentro da minha cabeça, que me sinto maravilhada, até agora. E a partir de hoje que foi o último dia de treinamento, não voltarei lá tão cedo, ficarei com saudade dupla.
Era isso que queria escrever hoje....

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Filme A onda

 Hoje eu assisti o filme A onda e gostei bastante. Vocês já devem saber que eu gosto muito de filmes de professores. E esse é muito interessante mesmo. Peguei esse pequeno resumo para vocês terem uma noção. Quem se interessar pelo assunto, assista.




Baseado em uma história real o filme "A Onda" mostra como é possível a criação de doutrinas ideológicas em sala de aula, não só no passado, mas atualmente.
O filme que foi adaptado do ensaio The Third Wave (A Terceira Onda), do professor de História Ron Jones, no qual relata sua experiência numa escola da Califórnia (EUA), em 1967, na tentativa de explicar na prática como Hitler e o Partido Nazista chegaram ao poder na Alemanha. Tudo acontece em uma semana de aula onde o professor e seus alunos criam o movimento A Onda, tudo a partir de normas de conduta, espírito coletivo, disciplina e a busca de um bem maior.O filme mostra a vida pessoal de alguns alunos, deixando claro que dependendo da familia e dos problemas que determinadas pessoas podem ter, são mais fáceis de serem manipuladas.O filme conta com um final quase que trágico em uma partida de pólo aquático onde o professor, quase que tardiamente, percebe que precisa por um ponto final em tudo aquilo.O Filme é bom e com certeza recomendado a todos em geral, pois fenômenos como massificação, fanatismo e intolerância são perigosos e quem sabe não estão aí positivos e operantes?
Fonte :http://www.nomundoenoslivros.com/2010/08/filme-onda.html

Mais vereadores em Salvador e meu jeito de ser

Sabe acho absurda essa questão da câmara dos vereadores de Salvador aprovarem mais duas cadeiras, para a candidatura de dois vereadores a mais, que são absolutamente desnecessários. Já que os que já estão aí, nada fazem, considerando o estado super crítico que se encontra nossa cidade. Então para que mais gente? Gente que não vai fazer nada e só vai ganhar dinheiro a nossas custas? Será que esse dinheiro que pagará o salário deles, verbas de gabinete, gasolina, alimentação, etc, não poderia estar sendo destinado para alguma melhora na nossa cidade? Na educação? Na saúde? Na infra- estrutura? No trânsito? Não! O problema principal da cidade é a falta de dois vereadores, é isso! Mais gente descarada para a gente votar. Por isso que já declarei várias vezes aqui que não voto mais em ninguém, só vou lá por que é obrigatório. Estou me sentindo muito insatisfeita, com essas questões, mas parece que sou só eu, pois não vejo ninguém se manifestando. Até quando vamos tolerar que essa gente ganhe 9, 10, 12 mil, sei lá quanto, mais trocentas verbas não sei lá das quantas, enquanto nós que realmente trabalhamos e bancamos eles, temos que sobreviver o mês inteiro com um salário mínimo ou um pouco mais? Está bom para vocês? Essa situação está boa?
Para mim não. Acho isso muito injusto, mas infelizmente não vejo mudança, pois a única pessoa que eu conheço que pensa assim, sou eu.. O resto já se conformou. Eu não. Eu nunca vou me conformar com esse tipo de situação! Nunca! E por falar nisso, essa semana estou num ambiente onde percebo que não sou bem vinda e sinto os olhares, por eu falar o que eu penso. Não vou mudar! Quem não quiser se aproximar e nem ao menos me tratar bem, problema. Quero que todas essas pessoas se explodam! Só faço o que eu quero, como quero, na hora que quero, não perco tempo com pessoas idiotas e conversas que não vão me levar a lugar nenhum e por isso sou hostilizada. Por que falo o que penso, por que não me "enturmo". Por isso, por que não mantenho diálogos idiotas, com pessoas idiotas. Só para avisar: Não vou mudar meu jeito autêntico de ser, que fala o que pensa doa a quem doer.
Fui

MK entrevista

Hoje eu estou de alma lavada. Ontem, apesar de ter chegado super atrasada, fui ao MK entevista, evento realizado pela Rádio Metrópole, lá no Fiesta Convention Center, do Hotel Fiesta no Itaigara. Primeiro vou explicar por que eu cheguei atrasada, logo eu que não suporto chegar atrasada. Fui de manhã para o salão, para relaxar o cabelo, só que cheguei em casa às 15:00, super atrasada. Corri e consegui sair daqui  às 16:40 mais ou menos. Como o evento começaria às 18:00 em ponto, então dava tempo eu chegar lá no horário. Porém com essa cidade horrível e caótica não há nada que se possa fazer para ter uma melhor qualidade de vida. Estou cada dia mais desgostosa de morar aqui.E levei quarenta minutos daqui até a Estação Pirajá. Um engarrafamento que não era nada afinal de contas. Fiquei com muita raiva. Pensei até em voltar para casa! 
Mas, com toda a minha vontade, fui. A entrevista começou eu estava no ônibus, com o fone de ouvido é claro, acompanhando tudo. Inclusive a emoção do apresentador Mário Kertész  A entrevista foi com Fernando Morais, um senhor muito inteligente e engraçado, autor do livro Olga, que originou o filme e conhecedor de muitas boas histórias. Foi um evento muito bem organizado, meninas muito bonitas e educadas recepcionando agente. Tudo ótimo.
Conheci Juliana Coelho, uma das apresentadoras da Rádio Metrópole, do Programa Só para mulheres. Ela super simpática, me tratou super bem e eu fiquei muito feliz e emocionada em ir nesse evento. Foi uma pena que não deu para eu me aproximar de Mário, mas no próximo estarei lá novamente. E recomendo. Quem quiser ter uma noite agradável, com cultura, pessoas inteligentes, conhecimento e informação, pode ir ao MK entrevista, que terá próxima edição em outubro. Aguardem...


domingo, 25 de setembro de 2011

O discurso do rei

Gostaria de dizer que ontem assisti o filme O discurso do rei e gostei muito. O filme tem diálogos muito bem feitos e os atores são ótimos, apesar de quase  desconhecidos para mim.
História incrível, filme muito bem feito e eu realmente viajei na época. Aprendi coisas e vi vários assuntos que me interessavam, inclusive o nazismo e a segunda guerra mundial. O filho mais novo do rei era gago e quando seu pai morreu, o seu irmão mais velho assumiu o trono, porém por motivos d força maior, resolveu renunciar ao trono para se casar, portanto o reinado recaiu para ele, que tinha grande dificuldade de se expressar em público. Ele foi tratado e acompanhado por um "médico", que logo se tornou seu amigo. Ele aos poucos foi superando a gagueira e seu amigo o acompanhava em todos os discursos. E o discurso do rei principal é o pronunciamento da entrada da Inglaterra na guerra. Ah, o principal é que é uma história real e esse rei, é o pai da rainha Elizabeth II...
Bom, não vou contar mais, assistam vocês vão gostar. Quem gosta realmente de bos filmes, vai gostar...

Coisas da Universidade

Gostaria de começar minha postagem hoje, dizendo que a agonia do semestre acabou, e agora a única preocupação que tenho é com a prova final, e com mais um professor que resolveu a essa altura, pedir que refizéssemos o trabalho, pode? Os desmandos da UNEB, do DEDC 1, e dos professores de lá são absurdos. Jamais me cansarei de criticá- los!
A universidade e nem os professores doutores estão preparados para recebem estudantes, realmente estudantes, críticos, que realmente falam as coisas na cara, sem papas na língua. E não está preparada para receber alunos trabalhadores, ou seja, aqueles que como eu precisa trabalhar para se manter e para manter os estudos,  que apesar de ser em uma universidade estadual, demanda custos. Costumo dizer que mestrado e doutorado são títulos que não ensinam educação doméstica, flexibilidade, solidariedade, humanidade, etc. Digo também que nós enquanto alunos- estudantes, ou somente alunos, temos obrigação de nos esforçarmos mesmo, porém não há nenhuma lei, nenhum papel que diga que eles, os doutores, não possam ser flexíveis e humanos, com nós que ralamos tanto. Por que vocês sabem que eu ralo mesmo, estudo muito. Foi o que eu escolhi e não vou pestanejar em nenhum momento. Porém nem todos os alunos são como eu, que não desiste, e muitos acabam, infelizmente, desistindo de estudar e trancam a faculdade, por causa da pressão e da  incompreensão que sofrem dentro da universidade. A universidade não precisa apenas de verbas, precisa se adaptar a novo público que está alcançando- a, e não apenas servir à elite que não precisa trabalhar e que veio dos melhores colégios da cidade.
O que acham disso?
Dê sua opinião!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Atualizando...

Olá minha gente estou voltando. Estou aqui alucinada digitando o artigo. A grande última atividade do semestre. Bom esse semestre foi decepcionante para mim como vocês sabem. Ele inteiro. Me arrependi de ter pego as oito matérias e ter dado nessa melequeira, nessas noites sem dormir, nesse estresse mental e físico. Agora já foi! Quarto semestre só com cinco matérias! Ainda vou fazer prova final de uma matéria: História social da criança.
Farei a prova semana que vem. SNIF!
Ah e na terça feira,  o meu lindo, desejado e amado afilhado, Davi nasceu. Estou radiante e babando. Fui conhecê- lo ontem e ele é realmente lindo. Semana que vem  farei um treinamento das VSBA no Severino Vieira, o colégio que eu estudei e que vivi os melhores momentos da minha vida.
Gostaria de dizer também que comprei o CD de Adele, 21 nas Americanas e que é muito bom ter um CD original de um cantor que você gosta em mãos. Foi 25,00, para quem se interessar..
Ah e está se aproximando o MK entrevista, que será dia 27/09 terça feira que vem.
As matérias que vou pegar são: Didática II, Pesquisa e Prática Pedagógica III, Ludicidade e educação, Educação de Jovens e adultos e Estudos Linguísticos e Educação II.

sábado, 17 de setembro de 2011

Estou indignada!

Nem sei como descrever como estou me sentindo mal esses dias... Realmente é uma coisa que é minha mesmo. De dentro para fora e ás vezes nem consigo me controlar e fico literalmente chorando pelos cantos. Não sei exatamente o que acontece comigo, nesses momentos e como fica meu corpo e minha mente. O que sei é que fico assim. Estou com muitas coisas na cabeça e para fazer, e não estou mais conseguindo administrá- las. Parece que perdi a prática, sei lá...
Estou em um semestre chato da faculdade que custa a acabar e que depois da greve ficou mais maçante ainda, tonando minhas presenças lá apenas obrigatórias. Com uns professores insuportáveis que além de se acharem os "reis da cocada preta", ainda utilizam regras e teorias que só funcionam na teoria, pois na prática, tudo o que eles nos ensinam, como postura em sala de aula, não é seguido por eles. Isso me indigna de uma maneira tão grande, que estou seriamente pensando em largar tudo e trancar essa "josta" como diz Mário Kértesz!
Uma dessas criaturas, passou o semestre inteiro "enrolando" e "enchendo linguiça", e agora quer botar meio mundo de gente em uma prova final absolutamente sem sentido, afinal para quê estender ainda mais isso? Não fomos nós, os alunos que fizemos droga de greve! Estou muito chateada. Mas como sempre, quem passou vai cruzar os braços e problema de quem vai fazer prova final. E não vamos nos ajudar uns aos outros, em decorrência da boa solidariedade que é pregada.
Bom, é isso....

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Chateada, revoltada, desanimada!!!

Estou muito chateada esses dias. Está tudo errado, e não estou satisfeita com nada. Sem vontade de nada, querendo largar tudo de uma vez!  Não gosto de ser oprimida e reprimida, e é exatamente assim que estou me sentindo. Pressionada, ansiosa e cansada, muito cansada. Além do desânimo que bate quase todo dia, é claro. Já tenho essa tendência meio depressiva e as coisas não colaboram para a minha melhora.
O universo não está conspirando a meu favor. Dou um duro danado e não estou tendo o meu merecido retorno. Nada acontece de diferente, de bom, que possa dar uma boa guinada na minha vida.
Acabei de ver o resultado  do concurso da UFBA e não passei.Mas isso eu até já esperava, já que foi o primeiro concurso de verdade que eu fiz e á que foi muita gente inscrita.
Estou chateada e revoltada por muitas coisas que NÃO acontecem em minha vida. E ainda tem as coisas indesejáveis que acontecem. Isso me deixa muito chateada e descrente da vida.
E vocês já se sentiram assim?
Comentem!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Só uma passadinha...

Estou numa correria e sem muito tempo de postar, sério mesmo. Quero pedir desculpas a vocês. Mas assim que tiver um tempinho prometo que vou fazer uma postagem muito boa sobre o jeitinho brasileiro.
Final de semestre é um inferno! Estou muito cansada e dormindo tarde. Ah quero dizer que nesse final se semana, vou viajar para a praia de Atalaia. Depois posto fotos. E vou para o projeto MK entrevista da Rádio Metrópole, dia 27/09, com Fernando Morais.
Bom é isso!
Fui

sábado, 10 de setembro de 2011

Manifestação contra a corrupção. Vamos nos unir, meu povo!

No próximo dia 20 de setembro (terça-feira), das 17h às 20h, acontecerá no Campo Grande o evento Todos juntos contra a corrupção. A manifestação,  organizada em várias capitais do país, está sendo motivada também pelas redes sociais.

Durante o ato, os participantes da mobilização poderão emitir suas opiniões. Mas os organizadores do evento afirmam que o protesto não tem caráter partidário e trata-se de uma campanha de massa contra a corrupção.

A manifestação acontece em outras capitais do país, no mesmo dia, como no Rio de Janeiro, onde está sendo organizado por Cristine Maza. Na capital fluminense 25 mil pessoas já confirmaram presença na Cinelândia através do Facebook.

http://www.radiometropole.com.br/noticias/index_noticias.php?id=VG5wQmQwNXFaejA9
Fonte:

Livro O diário de Anne Frank

Agora quero falar um pouco sobre o livro O diário de Anne Frank, que estou lendo ainda. Depois que entrei na faculdade, tenho demorado muito para concluir um livro. Em média levo um mês. Agora, depois da UNEB, leio os textos da faculdade e dois e ás vezes três livros ao mesmo tempo, num ritmo alucinado. Mas tem que ser assim, se que quiser realmente ser e ter alguma coisa nessa vida.
Sim, voltando para Anne Frank, o livro não é muito animado e animador de ser ler. Realmente tem momentos que se torna até monótono, mas ela, Anne, tem muitas coisas em comum com a adolescente que fui, e com a jovem rebelde que ainda sou. Ela não é muito aceita pelos pais e pelos demais adultos, pelo seu gênio forte e firmeza na personalidade. Tem momentos que ela relata no diário, momentos em que ela mesmo não se aceita e se critica. 
Eu também escrevia em diários e tinha a mesma mágoa que ela. De nunca ser aceita, de não ser bonita como as outras e de não ser muito paquerada. Sabe, é incrível como me vejo naquelas páginas. Com diferença de que eu nunca fiquei num Anexo de um prédio escondida por dois anos, para não ser capturada por um maluco, simplesmente por ser o que era.
Mas era isso que eu queria dizer, que realmente me identifico muito com a adolescente Anne Frank.

Perguntas que sempre me faço

Ás vezes fico me perguntando algumas coisas: Por que não existem belas mulheres negras em propagandas e capas de revistas? Por que as pessoas não se interessam em melhorar, em estudar, em ser mesmo autodidatas? Por que tem gente que ouve o pior tipo de música possível, sabe aquelas bem mal feitas? Por que tem pessoas que existem? Por que algumas pessoas que nem merecem conseguem certas conquistas e outras, que se acabam não? Por que existem pessoas idiotas e medíocres? Por que os que podem mais não ajudam os que podem menos? Por que existem tantos animais abandonados nas ruas, sofrendo? Por que não amamos realmente nosso próximo? Por que quando queremos uma coisa, não conseguimos? Por que as coisas não podem ser mais fáceis? Por que chove na hora em que vou sair? Por que não posso ficar triste na hora em que eu quiser? Por que as continuamos fazendo tudo, e votando errado? Por que não posso questionar, falar e lutar pelo meus direitos? Por que tem coisas que não são resolvidas? Por que continuamos a persistir no mesmo erro? Por que existe injustiça social? Por que não posso fazer tudo que eu quero? Por que o Governo Brasileiro não investe de verdade em educação? Por que hoje estamos no caos? Por que existe intolerância religiosa e racismo? Por que não posso ser "sem religião", sem que ninguém me encha o saco? 
Essas são algumas perguntas que eu me faço, algumas até sei a resposta, outras não. Tem algumas que valem apena perguntar sempre e outras que nunca vou ter a resposta. Estou um pouco pra baixo e preocupada esses dias, mas não dá para perguntar por quê, então fico quieta.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Duas mil visualizações, onze de setembro entre outras coisas

Uau, chegamos as 2000 visualizações. Estou muito feliz com isso. Não sei se estou agradando e nem quantidade é essencial para medir nada, mas 2000, é um número muito bom e inclusive é um número bonito, redondo. (risos).
Bom quero falar de alguns assuntos importantes, o primeiro é que nesse domingo faz dez anos do onze de setembro, que se tornou uma data emblemática e todos já sabem do que se trata. O pior atentado da história dos EUA, senão do mundo! Eu me lembro desse dia. Eu tinha 12 anos, estava na sexta série e nesse dia tinha acordado cedo por que ia para a "banca". Ou reforço escolar. Eu não fazia a menor ideia do impacto daqueles atentados no mundo. E as suas consequências, dez anos depois. Não sei se adianta ficarmos nos lembrando e remoendo esse assunto até hoje, principalmente como a Globo, especificamente o Jornal Nacional vem fazendo essa semana. Não acho que seja um assunto interessante e bom de ficar falando o tempo todo e explorando. Ainda por cima criticando os EUA por seu reforço na segurança nos aeroportos. Não sei, mas foi assim que interpretei o que vi no JN, dessa semana. Para mim foi o início de um sensacionalismo alienador. Não sei... é apenas minha simples e leiga opinião.
Bom, mas só de coisas ruins vivem o mundo, e isso é muito bom, pois domingo é o aniversário de meu amor, meu marido lindo.E dizendo que que vou fazer uma feijoada para a mãe dele. Ai meu Deus! Essa é a parte boa, desse domingo.
Estou ansiosa para o resultado do concurso da UFBA, apesar de nem achar mais que passarei, mas deixo nas mãos de Deus,por que ele sabe de tudo e sabe das nossas necessidades. 
Estou às voltas com um artigo que duas professoras inventaram fazer agora, pode? Faltando menos de um mês para acabar o semestre que acaba no dia 28/09, teoricamente. Não gosto desse tipo de professor, com nariz em pé que não escuta aluno. Pois tentei falar em sala de aula, em relação ao tempo e não fui escutada, e já que esse aqui é o MEU espaço, vou falar aqui. Não admito aceitarmos, nos alunos os desmandos amalucados de alguns professores. Aliás, penso que não devemos aceitar coisas absurdas de ninguém! E temos que ter coragem também para assumir as consequencias disso!
Fui!


quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Vídeos interessantes sobre adolescência e sobre língua e publicidade

ídeoEstou fazendo um trabalho sobre sexualidade e drogas na adolescência e outro sobre língua e propaganda. Sabe aquelas apresentações típicas com apresentações de slides, música, vídeos, participação oral, e toda a desenvoltura que se possa ter. Essa correria de fim de semestre é braba!
Vou colocar dois vídeos aqui que sintetizam muito bem esses dois  trabalhos.  Não são chatos não. São até bem divertidos e interessantes, dentro desse tema.



Sete de setembro. Dia da "independência" do Brasil.

Hoje é dia 7 de setembro. Feriado de Independência do Brasil. Independência? Ah... deixa pra lá... Que feriado filho da mãe. Numa quarta feira? (risos) Mas é melhor que nada não é? Dá para relaxar um pouco do nosso dia a dia tão cheio. Não vou falar sobre o contexto histórico, nem sobre a data em si, pois vários sites e blogs fizeram isso. E além do mais não sei bem se o nosso país é independente, ops! Esquece esse assunto. 
Procurei alguma coisa interessante, diferente e condizente com a minha opinião e... achei!
Esse vídeo que encontrei no youtube diz tudo o que eu penso em poucas palavras. Espero que gostem. Ele é meio grande mas vale a pena, de verdade.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Sampa crew- A banda que amo!

Ontem fiquei sem internet e por isso não postei nada. Fiquei com uma saudade... Também estou naquela correria de final de semestre. Gostaria de falar sobre uma banda que gosto muito.Gosto tanto que não sei como é que eu nunca falei sobre ela detalhadamente antes, aqui no blog. A banda é Sampa Crew. Que é de São Paulo e tem mais de 25 anos de carreira. Amo demais essa banda e foi ouvindo as músicas dela que namorei, (muito) noivei e casei. Até que já coloquei algumas letras de músicas deles aqui. Mas hoje quero falar de uma forma mais especial dessa banda que eu tanto amo.
Já fui em dois shows dela aqui em Salvador. No Salvador Fest do ano passado e no Exaltamaníacos também no ano passado. Quero lembrar que meu objetivo principal em ir nessas festas era ver essa banda. E que não me importo do que as pessoas falam, ou pensam sobre essa banda. Eu gosto e ponto final.
Gostaria de falar um pouco sobre a emoção que sinto quando estou no show de S. Crew. Choro muito e fico ao mesmo tempo muito feliz em estar ali tão perto deles. É mágico! E indescritível. Não sinto isso, com banda nenhuma, com cantor nenhum. Somente no que for relacionado à essa banda. E ainda tem Dani Voguel que é maravilhosa e agora faz parte do grupo de vez.
E as músicas? E as letras?As emoções românticas que elas despertam em mim e no casal que formo com meu amado marido.
Bom, era exatamente isso que queria falar.
Fui...



domingo, 4 de setembro de 2011

Novos horizontes para a carreira de pedagoga. Trainees em empresas.

Estou procurando oportunidades múltiplas em minha carreira futura. Me formarei pedagoga e tenho em mente, assim que terminar fazer logo a pós- graduação na própria UNEB. Algo relacionado à gestão e pedagogia empresarial também está nos meus planos.
Não escondo de ninguém que quero ter uma carreira bem sucedida e tentar ganhar dinheiro. Mas dentro da minha área que gosto e respeito muito. Não quero perder o foco. A educação é a coisa mais importante para mim. Dela depende o progresso da humanidade.E ela que eu quero seguir e utilizar como instrumento de trabalho e progresso de vida pessoal e financeira.
Acredito muito na educação e é nela que gostaria de ficar. Mas, apesar das tristezas que são os salários de professores e de profissionais ligados à educação nesse país, eu quero SIM ganhar dinheiro nessa área. E não vou ser hipócrita em dizer que faço por que gosto somente e por que tenho dom. Não! O professor deve entrar estimulado sim na carreira apesar de tudo. 
Ontem li na revista Você s/a que algumas empresas que antes só apostavam em cursos como Administração,  Marketing, Logística e etc, estão agora investindo em cursos de humanas, como Pedagogia e Psicologia. Achei essa reportagem bem interessante para mim. Porém uma coisa que pesa muito nesses casos, é ter inglês e boa fluência com a língua. Nesse caso eu estaria de fora, mas tenho que correr atrás do prejuízo e vou arranjar um tempinho e um dinheirinho para fazer um curso de inglês. Nada me abala, nesse sentido. Não desanimo. E gostei de ver essa nova iniciativa das empresas em diversificar seu quadro de funcionários e traines. Deixo a dica para quem tem interesse em uma boa oportunidade na vida.
O que vocês acham?
Comentem.

Dicas práticas de Sueli Rutkwoski

Assisto muito o programa de Eliana, no sbt aos domingos. E agora que ela está de licença maternidade bate uma saudade...
Então, para não ficar na saudade e para que vocês conheçam essas ótimas dicas que facilitam a vida, vou deixar algumas aqui.

MAIONESE DE ABACATE

Ingredientes
1 abacate
Suco de 1 limão
1 colher (sopa) mostarda
½ colher (café) de pimenta do reino
½ xícara (chá) de azeite
Modo de preparo
Coloque todos os ingredientes no liquidificador, com exceção do azeite que será colocado aos poucos para dar o ponto na maionese




Para a mussarela nunca grudar uma na outra

Tire as mussarelas da forminha de isopor e coloque num pedaço de papel manteiga e depois dentro de um saco plástico,leve a geladeira,quando for usar para que ela solte uma da outra deixe por 5 minutos em temperatura ambiente,ou apenas 10 segundos no microondas!


sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Concurso UFBA e mês de setembro.

Poxa fiquei chateada agora. É que descobri que algumas questões do concurso da UFBA, foram anuladas e tiveram as respostas mudadas. O pior é que o meu azar foi tanto que boa parte delas eu tinha acertado. Snif! Isso é um absurdo. Pessoas entram com o recurso, eles mudam as coisas, sem nem explicar o porquê Estou chateada e não acredito mais em possibilidades de passar. E é claro vou me inscrever em  outros e outros e outros. Até passar! Eu não acreditava muito em concursos, mas agora trabalho por causa de uma prova em formato de concurso que fiz há três anos. E não vou desistir dos meus objetivos de melhorar de vida. Lembrando é claro que a minha parte eu faço, é claro. Estudo. óbvio, ninguém consegue nada de graça. Só os mafiosos e olhe lá. Como não estou afim de fazer máfia, então vou continuando na minha vidinha humilde, mas boa, até quando Deus permitir e até quando for a hora.
Gostaria de brindar o mês de Setembro. Nesse mês vem a primavera. É o aniversário do meu amor. Aniversário do Onze de setembro ( atentato, completa 10 anos) e muitas outras coisas que vamos falar aqui. Inclusive sobre as mudanças de tempo, já que agora o sol está muito mais presente.
Tenham um ótimo início de mês!

Não gosto de regae, mas essa música é interessante... Ditadura da Televisão, ponto de equilíbrio



Na infância você chora, te colocam em frente da TV
Trocando as suas raízes por um modo artificial de se viver.
Ninguém questiona mais nada, os homens do "poder" agora contam sua piada
Onde só eles acham graça, abandonando o povo na desgraça
Vidrados na tv, perdendo tempo em vão
Ditadura da televisão, ditando as regras, contaminando a nação!
O interesse dos "grandes" é imposto de forma sutil
Fazendo o pensamento do povo se resumir a algo imbecil:
Fofocas, ofensas, pornografias
Pornografias, ofensas, fofocas
Futilidades ao longo da programação
Ditadura da televisão, ditando as regras, contaminando a nação!
Numa manhã de Sol, ao ver a luz
Você percebe que o seu papel é resistir, não é?
Mas o sistema é quem constrói as arapucas
E você está prestes a cair
Da infância a velhice, modo artificial de se viver
Alienação, ainda vivemos aquela velha escravidão.
Ditadura da televisão, ditando as regras, contaminando a nação!
Composição: Lucas Kastrup / Diogo Viana 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...