segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Coisas difíceis.

Ontem fiz uma postagem de livros clássicos, mas confesso que não li nem a metade deles. Mas pretendo ler vários clássicos esse ano, isso se a faculdade permitir, não é? Mas para tudo dá se um jeito. Eu digo que em muitos momentos, dá vontade de largar tudo, a faculdade me estressa, os assuntos, os professores...
É muito difícil, principalmente para quem trabalha e é dona de casa, como eu. Mas não pestanejarei!!!! Lutarei até o fim e quando me formar, partirei para o mestrado e pretendo, mesmo que seja aos 80 anos chegar ao pós doutorado.
Quero pensar a educação! E tentar achar soluções para essa desgraça, que é a educação no Brasil. Nós que estamos dentro das universidades, é que temos que fazer os cachorros dos nossos governantes, tomar vergonha na cara, e dá educação ao nosso povo. Por que é disso que estamos sedentos, desesperados. Mesmo que não saibamos disso.
Mas em todos os casos, momentos e oportunidades, as coisas parecem ser mais difíceis e complicadas. E se tornam mais complicadas a cada dia que passa.
Eu gostaria, apesar de não querer morar no Brasil por muito tempo, que as coisas melhorassem, de verdade!
Fui!

domingo, 30 de janeiro de 2011

48 livros para desenvolver sua intelectualidade! uau!!!!!

Romances


1.Don Quixote (Miguel de Cervantes)

2.As viagens de Gulliver (Jonathan Swift)

3.Orgulho e Preconceito (Jane Austen)

4.Oliver Twist (Charles Dickens)

5.A Letra de Escarlate (Nathaniel Hawthorne)

6.Moby Dick (Herman Melville)

7.Madame Bovary (Gustave Flaubert)

8.Crime e Castigo (Fyodor Dostoevsky)

9.Anna Karênina (Leo Tolstoi)

10.Aventuras de Huckleberry Finn (Mark Twain)

11.O Processo (Franz Kafka)

Autobiografia e Memorial

1.Confissões (Santo Agostinho)

2.Ensaios Completos (Michel Eyquem de Montaigne)

3.Meditações sobre Filosofia Primeira (Rene Descartes)

4.Walden (Henry David Thoreau)

História

1.Histórias (Heródoto)

2.História da Guerra do Peloponeso (Tucídides)

3.A República (Platão)

4.Vidas de César (Plutarco)

5.Cidade de Deus (Agostinho)

6.O Príncipe (Nicolau Maquiavel)

7.Utopia (Sir Thomas More)

8.Do Contrato Social (Jean Jacques Rousseau)

9.O Declínio e Queda do Império Romano (Edward Gibbon)

10.Democracia na América (Alexis de Tocqueville)

11.O Manifesto Comunista (Karl Marx)

Drama

1.Agamemnon (Ésquilo)

2.Édipo Rei (Sófocles) (resenha de Édipo Rei)

3.Medéia (Eurípides) (resenha de Medéia )

4.As Aves (Aristófanes)

5.Poética (Aristóteles)

6.Ricardo III (William Shakespeare)

7.Sonhos de uma noite de Verão (William Shakespeare)

8.Hamlet (William Shakespeare)

9.Tartufo (Moliere)

10.The Way of the World (William Congreve) (não encontrei tradução para o português)

11.Casa de Bonecas (Henrik Ibsen)

12.Saint Joan (George Bernard Shaw) – (não encontrei tradução para o português)13.No Exit (Jean Paul Sartre) - (não encontrei tradução para o português)

Poesia

1.A Ilíada (Homero)

2.A Odisséia (Homero)

3.Odes e Epodos (Horácio)

4.A Divina Comédia (Dante Alighieri)

5.The Canterbury Tales (Geoffrey Chaucer) – (não encontrei tradução para o português)6.Sonetos (William Shakespeare)

7.Paraíso Perdido (John Milton)

8.Selected Poetry (William Wordsworth) – (não encontrei tradução para o português)9.The Complete Poems (Samuel Taylor Coleridge) – (não encontrei tradução para o português)Pode levar anos para ler todos esses livros, mas sem dúvida será muito gratificante. Afinal, estão entre as melhores obras produzidas pela humanidade.



Eu posso dizer que estou bem longe de terminar de ler essa lista. E você? Quais desses clássicos já passaram por sua cabeceira

Pesquisado no google!
Boa leitura!

sábado, 29 de janeiro de 2011

Minhas horas de ACC e críticas ao BBB11!

Ontem não postei. Tive um dia meio cansativo. Saí cedo e cheguei em casa atrasada, ou seja, para quem sai do trabalho às 19:00, e está acostumada a chegar 19:30/40, chegar as 21:00 é dose. Fiquei estressada!!
Bom, mas não quero ficar falando disso, vou falar das coisas que estão acontecendo. Ontem, fui lá no FSBA, pegar o certificado de uma oficina, que eu fiz em novembro: "Contar história com arte". Foi ótimo e serve para minha ACC, 16 horas. Já tenho trinta.
E quero registrar também uma coisa que estava pensando ontem de noite, aqui. Ouvindo o Big Brother, entendi o que está sendo feito, ali. Até a voz de Pedro Bial, é forçada. Inventam a cada ano, novos recursos, coisas apelativas, para se manterem no ar, de qualquer jeito. Sempre artifícios para tentar inovar, tentar ser diferente do ano anterior, e isso torna o programa pior ainda, do que já era, e pior ainda do que os primeiros BBBs. Espero que as pessoas assistam, mas tenham um olhar crítico, para peceber certas coisas que estão por trás. Não só com o BBB, mas com todas as coisas que passam na TV, em qualquer emissora.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O dia de hoje!

Hoje eu tive um dia estressante que me fez constatar e confirmar o quanto realmente eu odeio essa cidade. Saí para ir trabalhar, normal. Cheguei naquele inferno da Estação Pirajá, as 11:50 e o ônibus Estação Mussurunga via Gal Costa, só chegou uma hora depois. Que ódio, cheguei atrasada, coisa que eu odeio fazer. Fui trabalhei, normal, etc.
Na volta eu inventei de pegar, Estação Pirajá de novo, peguei um engarrafamento mizerável que foi causado, por um ônibus quebrado. Innferno! Chegando lá, outra demora. Resultado cheguei em cas as 21:00. Estou com raiva!
Odeio essa cidade! Odeio essa gente, odeio tudo!
Bom, hoje a postagem vai ser curtinha, viu? Tô cansadona.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Ser mulher

"Ser mulher nos Estados Unidos neste fim-de-século:que maravilha! Pelo menos é o que se diz o tempo todo. Os políticos garantem que as barricadas já caíram. As mulheres "chegaram lá". O mundo da publicidade se regojiza. A revista Time proclama que a luta da mulher pela igualdade "foi amplamente vencida". Matricule- se à vontade em qualquer universidade, arrume um emprego em qualquer firma de advocacia, solicite empréstimos em qualquer banco. Os líderes trabalhistas afirmam que agora as mulheres tem tantas oportunidades que não é necessária uma política que lhes garanta igualdade de condições. Os leisladores proclamam que atualmente as mulheres são tão iguais que já não é preciso haver emendas constitucionais para a igualdade de Direitos. Até os anùncios de cartões de crédito estão saudando a liberdade da mulher a fim de cobrá- la. Enfim, as mulheres receberam os seus papeis de cidadania plena.
E mesmo assim...
Por trás dessa celebração da vitória, por trás das afirmações, alegres e continuamente reiteradas, de que a luta pelos direitos femininos foi vencida, a mensagem que salta aos nossos olhos é outra. Você pode ser livre e igual o quanto quiser, ela diz às mulheres, mas nunca se sentiu tão infeliz.
Este boletim de desespero está afixado em todos os lugares- nas bancas de jornais, na telinha da televisão, nos anúncios, nos filmes, nos consultórios médicos e nas publicações acadêmicas. As mulheres profissionais estão entrando em "parafuso" e sucumbindo a uma "epidemia de infertilidade". As solteiras estão se queixando devido à "falta de homens". O New York Times revela: as mulheres sem filhos anadam "deprimidas e confusas" e cada vez  em maior número. A Newsweek afirma: as mulheres não-casadas estão "histéricas" e prostradas numa profunda crise de "falta de confiança". Os manuais médicos informam: mulheres em altos cargos executivos estão sofrendo como nunca de "disturbios provocados pelo estresse", queda de cabelo, nervosismo, alccolismo e até enfartes. Os livros de psicologia advertem: a solidão da mulher independente representa hoje em dia " um dos mais graves problemas de saúde mental. Até a histórica feminista Betty Friedan anunciou aos quatro ventos  que as mulheres estão atualmente sofrendo de uma nova crise de identidade e de "problemas  ainda sem classificação".
Como é que as mulheres podem estar tão mal justamente quando deveriam sentir- se abençoadas? Se a condição da mulher nunca foi tão prestigiadad, como explicar que o seu estado emocional ande tão em baixa? Se as mulheres conseguiram o que queriam, então qual é o problema agora?"


Autor desconhecido!

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Coisas de Domingo à noite!

Ontem a noite estava assistindo TV  e vi duas coisas que me chamaram atenção. A primeira foi a reportagem exibida naquele programa Rede Bahia Revista, em que estava sendo pregado um verão maravilhoso nas praias de Salvador, com sensualidade, segurança e conforto. Mas não é nada disso que eu , como moradora da cidade e frequentadora de praias, rara, mas frequentadora. Eu vejo sujeira, descaso, venda de comida de qualquer jeito, assaltos, tarados nas praias, sujeira e falta de educação do povo.
O Pelorinho foi taxado como o melhor lugar para se visitar, com várias opções de comércio, retaurantes, hotéis e gente simpática e educada.
Bom, mas não é esse Pelô que eu conheço. Eu conhecço, um Pelô que esta sendo empurrado com a barriga e jogado da mão da prefeitura para a mão do governo e vice- versa. O que eu conheço do Pelorinho, é o tráfico de drogas, a insegurança e os assaltos até mesmo durante o dia. Os comerciantes falindo e a prostituição comendo no centro.
A outra coisa que me chamou a atenção foi o prgrama de frente com Gabi ( que eu nem sabia que ainda existia) Gabi, a famigerada Marília Gabriela, estava entrevistando uma atriz, que eu particularmente adoro: Lúcia Verissímo. Ella é maravilhosa, concordei com tudo que ela falou, inclusive sobre a hipocrisia e a ignorância do povo brasileiro e sobre a educação ser a solução para todos os problemas. Tá aí uma pessoa lúcida e que realmente fala coisas inteligentes nesse país. E parabenizo (!) ao SBT, pelo programa de entrevistas que trouxe temas tão relevantes e inteligentes para um domingo a noite, considerando que na Red Bahia estava passando esse verão maravilhoso de Salvador e as vezes o que eu vejo domingo à noite é só comentários sobre futebol!
Então patrabéns!
fui

domingo, 23 de janeiro de 2011

Amenidades!

Hoje  tive um dia cheio. Fiz minhas coisas de dona de casa, escovei o cabelo e fiz a unha, pintei de azul céu, ficou uma graça. É pena não ter como tirar foto. Fui na casa de mamis e agora estou aqui digitando um trabalho de Arte e Educação. Haja  coisa para digitar, viu? Bom tempo que os trabalhos eram manuscritos. Por que agora eu tenho que ler os livros que eu vou pesquisar, tirar o que é relevante, fichar, escrever o tesxto e por último digitar. E depois ainda tenho que imprimir. Ufa! Até cansei.
Mas é essa a vida de uma universitária de verdade, que se preze, que é exatamente o que eu sou... hehehehehehe....
Bom, por hoje é só.
Volto amanhã!

sábado, 22 de janeiro de 2011

Revista GLOSS

Além da dica sobre esmaltes colorido, vou dar uma outra dica para mulheres, também para mim é uma novidade, já que leio a pouco tempo. Pouco mesmo. É a revista GLOSS. Feminina. Por que é assim que somos. Afinal, só ler coisas "intelectuais" enche o saco às vezes.
Tem dias que estamos afim de ler coisas consideradas fúteis mesmo, e tem várias dicas de moda, beleza, saúde, relacionamento e até receitas. Eu já fiz uma receita. E além de tudo isso traz mulheres lindas e famosas nas capas e tem uma larga parceria com a AVON, cuja sou revendedora (fazendo uma propaganda!) rssrsrsrs. Bom é isso, vou deixar a capa do mês de Janeiro aqui e estou sempre comprando. A capa é com Tayla Ayala.

Minha mais nova paixão: Esmalte!

Nessa madrugada,aproveitando a minha promoção de internet grátis das 0h às 8h, procurei diversos blogs sobre esmalte, e o que está sendo tendência agora nessa área. Descobri alguns e até novidades, que estou pensando em comprar já! Por que eu comecei a falar nisso? Para revelar aqui a minha nova paixão, que é esmalte, e os vários cuidados com as unhas. Quanto mais coloridos melhor!
Bom, para uma pessoa que passou a vida roendo unha e com as cutículas detonadas, agora resolvi mudar de lado e dar a volta por cima. Preciso ter uma bela e grande unha um dia, agora é questão de honra!
É isso que eu queria dizer, minha mais nova paixão é o esmalte, e beeeeemm colorido...

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Ah... eu não resisto!

Minha gente, eu estava lendo as minhas postagens de 2008, quase três anos atrás, logo quando eu comecei o blog, e percebi que eu era realmente infeliz e não tinha nada, hoje eu sou casada, faço faculdade, tenho um bom emprego e vivo a minha rotina com satisfação. Ah e tenho muito mais fé também, relembrei de algumas coisas, da época, como o assassinato de Eloá, as últimas eleições municipais e o meu aniversário de 2 anos de namoro.
E vi alguns comentários de pessoas até que eu nem conheço, elogiando minha escrita, e eu me surpreendi também, como eu já tinha dito em outra postagem, Convido todos as passearem....
Fui!

Coisas da Uneb!!!

Aff, estou ficando viciada nisso aqui, aliás eu sempre fui, né? Afinal há quanto tempo tenho esse blog? O que falta para pobre é tempo para ser feliz! rsrsrsrsrs... Estou atarefadissíma. Tenho um trabalho de arte e educação para começar a digitar, além de slides e estudos referentes a outras disciplinas. Na verdade, estou achando tudo um saco, mas sabemos que essas coisas chatas tem que ser feitas, pelo bem geral do ego dos professores da uneb, ops...! para a grande contribuição que elas vão dar para a minha formação!!!!!!!!!!
O que pega nesse momento, é que além da preguiça, outras coisas melhores não me deixam fazer os trabalhos, afinal eu tenho mais o que fazer! Sabe, não considero todos os trabalhos que os professores passam relevantes; em alguns momentos chego  a acreditar que eles estão muito afim de encher linguiça para justificar o salário que recebem. Já fiz um trabalho besta, que para mim foi o pior de gravar um vídeo idiota, de uma história infantil adaptada, em forma de fantoche e postar no youtube, só por que a professora de literatura, adora cinema. Até que gostei do resultado, porém me deu um trabalho desgraçado e ela ainda acho ruim. Acho que seria melhor se ela fizesse por exemplo, um debate (adoro!) sobre as adaptações de estórias literárias para vídeos e filmes, paródias, etc... Mais ou menos isso. E fizesse uma ligação com a nossa metodologia em sala de aula, como devemos entrar com essas estórias no cotidiano das crianças, mas passar um vídeo absolutamente descontextualizado da disciplina, parece significar mais para a professora.
Estou relatando isso com a finalidade de fazer com que vocês, leitores, vejam como pode ser difícil, essa relação aluno- professor, dentro de uma Universidade como a Uneb, e como, em muitos casos o aluno não é ouvido e pode até ter ideias melhores que os próprios professores.
Agora vou deixar o vídeo para vcs verem o resultado do grandioso e inteligente trabalho passado:

Hoje não fui trabalhar!

Hoje não fui trabalhar, pois estou muito cansada e com dores pelo corpo. Aff, coisa de velho mesmo. Mas mudando de assunto, estava lendo algumas postagens minhas aqui no blog e, nossa, nem acredito que eu escrevi esses textos tão claros, concisos, objetvos e cheios de opinião. Acho que a tendência é melhorar, e sem hipocrisia de "modéstia à parte", escrevo bem. Pelo menos nessas últimas postagens que eu li, gostei muito.
Mudando novamente, mas sem querer ser chata, eu consegui o computador e a internet (móvel da TIM) pois a Velox, está cada vez pior, juntamente com a Oi e não foi possível tê- la, pelo menos não no momento.
Me mudei para aquela casa que eu tinha dito antes, e continua tudo na mesma correria a não ser pelo dia que eu resolva dar esse " zig " que eu dei hoje. rsrrsrsrs... coisa de baiano mesmo!
Me queixo da Oi, da Velox, da Gvt, da Anatel. De todas elas que de nada servem na minha humilde opinião.Como podemos continuar a viver nesse país desse jeito e dormirmos noites tranquilas?
A senhora presidenta dona Dilma, começou bem e mal, para mim, por enquanto a melhor coisa que ela fez foi mandar o ex presidente do banco Central às cucuias, e a merda que ela fez foi esse salário mínimo, que continua mínimo, ao contrário do dela própria e de seus colegas.
Chega me dá vergonha! Não sei porque e até hoje não consegui entender por que eu nasci aqui nesse país, nessa cidade; sinto que não me encaixo aqui... Por isso pretendo ir fazer minha vida lá no Canadá, que é frio e meu sonho de consumo para morar. Vida profissional e pessoal.
Aliás por falar em vida profissional, teremor, talvez mais uma pedagoga na família, pois minha querida, irmã, meu bebê (!) ? passou no vestibular da Uneb e agora vai ser minha caloura de pedagogia... hehehehehehe....
Ainda bem que eu sempe influencio para o bem.
Quero ter muito mais do que eu tenho hoje, apesar de reconhecer que já possuo muito, graças a Deus, e quero saber e ser muito mais do que hoje, e assim conquistar fãs....
Quem sabe né? Presidenta? Eu?
Fui....
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...