sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Me afastarei por um tempo...

Esses dias estou um pouco afastada por causa de uns probleminhas na minha mão. Muita dor e preocupação... Por que afinal precisarei muito das minhas mãos para trabalhar... Mas estou com pensamento positivo e fé em Deus... Sei que vai dar tudo certo, mas eu preciso fazer minha parte. Portanto estarei um pouco afastada... nos próximos dias. Mas continuarei com a cabeça funcionando e pensando em temas para escrever... Me despeço aqui temporariamente...

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Cuidado...

"Cuidado com seus pensamentos. Eles se
transformam em palavras.
Cuidado com suas palavras. Elas se trasformam em
ações.
Cuidado com suas ações. Elas se transformam em
hábitos.
Cuidados com seus hábitos. Eles moldam o seu
caráter.
Cuidado com seu caráter. Ele controla o seu destino"


Obs: Amei esse pequeno período e quis
colocar aqui como uma pequena mensagem. E
é a mais pura verdade!

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Pressão familiar...


Fui dormir chorando... Críticas me abalaram... Mas

não vai ser sempre assim... Um dia eu consigo não

me abalar com essas críticas pífias...

Mas meus olhos amanheceram inchados... E sei que

ninguém vai reparar ou nem ao menos me perguntar

por que... Mais uma vez na vida me sinto oprimida,

presa, e friamente criticada. Pois sempre me senti assim,

desde que eu era uma "inocente" criança. Nunca tive espaço

e tive que construí - lo a força... Mas eu pensei que ele tivesse

sido construído, mas estava enganada! Não posso opinar, nem me defender

dentro de casa e sempre foi assim...

E o pior é que é justamente sobre a minha vida que eu não posso

opinar e nem me defender! A minha vida ontem foi discutida por

um aspecto preconceituoso, e analisada pelo meu passado, pela

minha imaturidade de adolescência... O que é? Sou julagada até hoje, por coisas

que eu disse e/ou fiz a mais de cinco anos atrás. Estou cansada de ver a minha

vida sendo julgada e analisada dessa maneira estúpida...

A vida é minha e daqui pra frente eu não vou deixar que eles me

tratem dessa forma... Tentando influenciar minhas decisões e querendo

antecipar as minhas vontades...

Eu só ouço críticas e raramente os elogios vem...

Mas eu vou conseguir vencer e conseguir tudo o que eu quero!

Mas não vou ser hipócrita não. E vou dizer que é também para

mostrar para todo mundo que eu posso realizar meus objetivos...!

domingo, 26 de outubro de 2008

Hoje é o segundo turno...


Ainda bem que esse dia 26 de outubro chegou logo. Hoje é o segundo turno das eleições municipais e finalmente vai acabar toda a chatisse da campanha... Faltam dois meses para o natal... Se é que isso tem a ver... Mas eu quis fazer essa observação.

Enfim... Hoje decidiremos o futuro da nossa cidade pelos próximos 4 anos... Conscientemente (ou não!) vamos votar em quem melhor nos convém... Não estou aqui para fazer campanha eleitoral, porém sei que o meu candidato é o melhor e todos podem perceber a diferença pela cidade... Por onde quer que passemos... Não sou uma pessoa sugestionável, que uma medíocre boca de urna, possa mudar o voto. Tenho meu candidato e pronto! Ah... E nunca, jamais e em nenhuma hipótese, eu anulo ou branqueio meu voto... É a única maneira que eu vejo de falar alguma coisa, de expressar a minha opinião para as outras pessoas realmente perceber... Bom... Eu acho que a palavra voto devia se chamar "voz"... Por que ele é realmente a voz do povo...

Mas infelizmente tem gente que faz questão de calar a sua própria voz... Isso é uma covardia consigo mesmo...

Devemos expressar nossos sentimentos, opiniões, vontades e decisões... Independente de qualquer coisa e sem se deixar influenciar por outras pessoas... Nas bocas de urna da vida... Por que isso vale para ela também, a vida real...

sábado, 25 de outubro de 2008

FAXINA NA ALMA (Carlos Drummond de Andrade) Eu amo esse texto!

"Não importa onde você parou...em que momento da vida você cansou... O que importa é que sempre é possível e necessário recomeçar. Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo... E renovar as esperanças na vida e o mais importante, acreditar em você de novo. Sofreu muito nesse período? foi aprendizado... Chorou muito? foi limpeza da alma... Ficou com raiva das pessoas? foi para perdoá-las um dia... Sentiu-se só por diversas vezes? é porque fechaste a porta até para os anjos... Acreditou que tudo estava perdido? era o início de sua melhora... Pois é... agora é hora de reiniciar... de pensar na luz... De encontrar prazer nas coisas simples de novo. Que tal um novo emprego? Uma nova profissão ?
Um corte de cabelo arrojado, diferente? Um novo curso...Ou aquele velho desejo de aprender a pintar...
Desenhar... dominar o computador... ou qualquer outra coisa... Olha quanto desafio... quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando. Esta se sentindo sozinho? besteira...
Tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento"... Tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para "chegar" perto de você. Quando nos trancamos na tristeza...nem nós mesmos nos suportamos... Ficamos horríveis...o mal humor vai comendo nosso fígado...até a boca fica amarga. Recomeçar... hoje é um bom dia para começar novos desafios Onde você quer chegar?
Ir alto... sonhe alto... queira o melhor do melhor... Queira coisas boas para a vida...
Pensando assim trazemos para nós aquilo que desejamos... Pensando pequeno... coisas pequenas teremos...
Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos
Pelo melhor...o melhor vai se instalar na nossa vida. E é hoje o dia da faxina mental...Jogue fora tudo que te prende ao passado... Ao mundinho de coisas tristes...fotos... peças de roupa, papel de bala... ingressos de cinema... bilhetes de viagens... e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados... Jogue tudo fora... mas principalmente... esvazie seu coração...fique pronto para a vida... para um novo amor... Lembre-se somos apaixonáveis...somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes... afinal de contas...Nós somos o "Amor"... Porque somos do tamanho daquilo que vemos, e não do tamanho da nossa altura. "

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Essa sexta - feira inesquecível!

Hoje é sexta feira e é um dia que começou muito bem. Sinto que um novo caminho começa para mim. Assim que levantei e ia tomar café, recebi a tão esperada ligação... Me senti emocionada na hora e tremia... A notícia veio para me libertar de todo o resquício de desespero que eu ainda tinha... Mas agora começa vida nova.
Tenho certeza disso! Ainda não parei para agradecer a Deus pela benção alcançada, mas vou fazer isso com toda a força e com toda a minha fé.
Ontem mesmo falei de pessoas que agarram (ou não) as oportunidades que a vida dá... E chegou a minha maior oportunidade. E como todas as outras que eu tive na vida, eu vou agarrar com toda a força que eu tiver... E eu sei que tenho muita... E Deus vai me dar mais... Muito mais...
Vou me manter assim, otimista e de bem com a vida e me lembrar daquele momentode tristeza sorrindo e me divertindo... Por que assim que eu tenho que ficar... E assim que Deus quer...
Vai começar um novo ciclo, e provavelmente essa sexta - feira vai ficar na minha memória... Ontem fui dormir pensando nisso ... E hoje acordo e recebo esse presente (de natal?) Aff...

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Pessoas que agarram as oportunidades da vida!


Existem muitas oportunidades nessa vida. Só é sabermos enxergá- las, e aproveitá - las devidamente. É certo que muitas pessoas tem oportunidade e sequer a olha. Ouço constantemente, vagas de empregos, na mídia. Vagas que são diariamente repetidas por falta de pessoas com aquela qualificação e/ou experiência. Apesar de eu achar errado essa coisa de pedirem experiência... Mas algumas pessoas entram em uma empresa e passam 7, 8, 10 anos em um cargo só por que não se especializa, não faz a mínima questão de ter um curso de inglês, ou um superior, etc... Essas pessoas acabam tendo muita experiência naquela área e só nela. E não têm oportunidade de galgarem uma melhor carreira, por se acharem satisfeitas naquele cargo. O que seria isso? Conformismo? Achar que está tudo bem? Sim... Mas também pode ser falta de condições financeiras para pagar um curso superior. Mas sabe - se que existem muitas outras opções mais baratas de cursos técnicos, e profissionalizantes. Mas a mídia faz questão de mostrar para nós que a faculdade é a melhor solução e que os pagamentos estão melhores hoje em dia, com tantos benefícios dados também pelo governo.

Mas sabemos que não é bem assim, e cada dia a especialização se torna mais difícil, por causa dessa agitação e total falta de tempo em que vivemos. Mas e os autodidatas? O que serão deles? Acabou o tempo em que se aprendia sozinho? Eu acho que não. Creio na garra e no esforço das pessoas para melhorarem e vida e agarrarem as oportunidades com todas as forças, sendo elas com um curso técnico, uma faculdade, um curso de inglês ou simplesmente um curso profissionalizante (e caro) do senai e senac. Por que o vale é o crescimento profissional, mesmo com essa concorrência e correria...

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

A violência no nosso país...


Sabe - se a muito tempo que o Brasil é um país muito violento. E que a pobreza, a desigualdade e o tráfico de drogas são os grandes desencadeadores dessa violência absurda que nós assistimos aqui todos os dias. Mas se nós sabemos que a maioria dos crimes são causados por esses fatores, por que será que ninguém faz nada para mudar isso? Alguém que possa mudar, né? Por que nós civis não temos muito poder para isso, e ainda somos as maiores vítimas. Coerentemente ou não a violência que sai de favelas e bairros populares, atinge esses mesmos bairros na maioria das vezes. Pois, as pessoas com maior poder aquisitivo, mantém uma melhor condição de moradia e possuem mais segurança. Uma segurança que de um tempo para cá se tornou uma segurança relativa, pois fatalmente eles estão sendo atingidos também. Ou seja, alcançamos o caos total. O pior grau de violência.

Todos os dias vemos boletins de 24 horas, com 4 ,5 mortes, no mínimo. Será que os poderes públicos estão cegos? Será que estamos condenados a viver a mercê de um submundo que vive as custas da destruição dos outros?

O que podemos fazer para mudar isso? Ficar revoltados? Votar diferente? Fazer mais denúncias?

Não sei... Não sei se nada disso adianta. Sinceramente não sei o que fazer! O que temos que fazer é nos conformar...

Conformar? Ah... Isso jamais! Enquanto eu puder sonhar, votar, cobrar, lutar e escrever, eu o farei por que a palavra conformismo, não se encontra no meu dicionário!

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Deus!


Um dia útil se passou.

O segundo dia útil já está aí... O que pensar de tudo isso? Que o tempo passa rápido? Que eu devo ficar ansiosa? Não sei direito o que pensar! Só sei que eu não vou ficar ansiosa!

Ando tendo sonhos esquisitos com pessoas que não suporto e que nem olho para a cara. O que significa isso? Um aviso? Mais uma vez não sei a resposta.

Essa é a prova que nós não sabemos de nada. Mas o mais engraçado é que tem gente que se acha muito esperto e que sabe demais.

Essas pessoas um dia vão perceber, assim como eu, que elas não sabem de nada. E vão quebrar a cara. Não que eu deseje isso a ninguém, mas é isso que na maioria das vezes acontece! Bom e voltando ao dia útil, eu não sei quantos dias úteis vou ter que suportar e ver passar até que as coisas se ajeitem. Mas sei que mais uma vez, terei que ser forte! E serei! Por que Deus está comigo! E ele sempre me dá forças para suportar tudo. Já passei por tanta coisa nessa vida com tão pouca idade que nem vale a pena falar...

Mas superei porque Ele estava comigo e ainda está. E todos os dias quando vou dormir eu converso com Ele e a Ele entrego meus problemas...

E mesmo sem nada saber da vida, eu vou viendo porque tenho Deus e de nada terei medo!

domingo, 19 de outubro de 2008

Salvem nossas crianças!


Mais uma tragédia no Brasil. Aonde vamos parar? Meu Deus, desde que eu me entendo por gente que eu ouço falar nessas pessoas sem controle emocional, sem caráter e sem sanidade mental, cometem essas atrocidades. Aí fica passando na minha cabeça o que os leva a fazer isso. Me pergunto isso sempre. Mas sempre me pergunto também o que a vítima fez para atrair aquilo. Algumas vezes são crianças inocentes é verdade, mas tem que haver alguma explicação.Não é possível que tenhamos que assistir essas cenas de crimes hediondos e que não saibamos as causas, e... Sei lá... Fico sem saber nem o que falar. O que eu sei é que fico muito triste com que está acontecendo no mundo todo.

Esse ano, as tragédias foram pro lado das crianças e dos adolescentes. Isabela, os bebês que morreram nas creches, a adolescente que foi morta e esquartejada pelo namorado e agora isso com Eloá e Naiara. O que nos prova mais uma vez que devemos zelar muito e cada vez mais pelos nossos, filhos. No caso dos pais, que muitas vezes se desleixam dos filhos. Esquecendo que eles são inteiramente responsaveis por eles. Podemos pensar nisso... Como vemos nas ruas, o tratamento de descuido que alguns pais dão aos seus filhos, causando neles uma sensação de carência e descuido.

E isso pode interferir na personalidade do adolescente e futuramente do adulto,i nfluenciando também em quem eles vão escolher para ser seus namorados (as) e esposos (as)...

sábado, 18 de outubro de 2008

Custe o que custar!

Esses dias calmos que eu tanto reclamo, estão para acabar!
Vai chegar o momento que eu vou reclamar e vou querer voltar a esse tempo de ficar sem fazer nada. Lendo, navegando na internet, dormindo e vendo tv o dia todo. Pô é incrível como nunca estamos satisfeitos com nada. Sempre queremos mais. E quando obtemos o que queremos queremos voltar ao que tínhamos antes! Vai entender.
Mas eu particularmente não gosto de ter meus dias vazios. Sempre estou fazendo algo útil para alguém ou para mim mesma.
Mesmo que na hora eu não veja a importância disso eu vejo depois.
E a noite quando eu deito e agradeço a Deus por estar viva, sinto e percebo que o dia não foi à toa e que a vida não é a toa.
Se tenho uma missão como dizem por aí, vou cumprí -la, custe o que custar!

Se não fóssemos importante, mesmo com nossos tantos defeitos, nem sequer existiríamos... Mas a natureza é sábia e tudo conspira para o bem!

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Confiança, otimismo e alegria!


Um dia bom começou: Foi o dia de hoje! Acordei muito feliz, otimista e confiante. Sei que tudo vai dar certo e não me canso de ser otimista. Nada e nem ninguém vai fazer com que eu perca esse otimismo e essa fé. Sempre com um sorriso no rosto vou me revelando como nunca fui antes na vida.

Sei e sinto que as coisas agora vão se encaixar em seus devidos lugares. Pelo menos nessa parte da minha vida. Mas ainda sinto que vou ter que enfrentar conseqüências de algumas pendências que tenho...

Mas isso não tem importância agora. Depois resolvo isso... E nem vou deixar que isso me abale...

Essas coisas às vezes me tiram o sono. Mas nada vai tirar a alegria que estou sentindo nesse momento...

É um sentimento verdadeiro. Sem exageros. É assim que realmente me sinto: alegre, satisfeita, otimista, confiante e sabendo que para tudo tem um jeito!

Nesse meio termo, encontrei pessoas que me deram força e que me ajudaram nesse processo de otimização...

Fora o meu amor, pessoas desconhecidas ( que hoje não mais), que pareceram que foram mandadas por Deus para não me deixarem pestanejar nem um momento!

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Considerações confusas, porém otimistas....


Hoje estou mais feliz, mais positiva e otimista. Bom, achei que isso ia demorar de acontecer, mas Deus é grande! E sabe de uma coisa? Me sinto melhor assim... Feliz! Não é nenhum clichê, é verdade, me sinto bem, animada e até a saúde física melhora. Mas tem sido difícil ficar de bom humor e mantê- lo...

Agora não vai ser mais tão difícil assim não sabe por que? Por que quem tem a história de vida que eu tenho, não pode achar que está nessa terra só para coçar a bunda. (Desculpando a expressão) Já passei por muitas coisas, muitas histórias de superação, de dor, perda e sofrimento. E nunca me deixei abater, nunca ninguém me viu triste, deprimida ou sem sorrir ou fazer uma piada!

E não vai ser por causa de uma "besteirinha" que eu vou me abater desse jeito... Nunca mais!!!

Deus é mais forte que qualquer outra coisa nesse mundo e cada dia que passa me convenço disso.

Obrigada meu Grande Deus por eu ter acordado e por tudo!

Nas andanças de hoje, encontrei uma pessoa com uma fé fervorosa em Deus. Uma pessoa muito legal, iluminada e é cristã. Entramos nisso juntas e quem sabe se não vamos ser colegas de trabalho e colegas na fé? Mas infelizmente não poderemos ser colegas na religião, por que definitivamente essa não é a minha praia. Mas é sempre bom encontrar uma pessoa assim. Uma pessoa que me deu força desde o início. Início esse que por acaso foi hoje, mas que pela nossa intuição começou muito bem!

Gosto de estar sempre rodeada de pessoas legais!

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Dias desperdiçados...

Meus dias começam no momento em que eu acordo? Não sei. Só sei que é o momento em que me encontro "consciente". É por isso que sempre narro o momento que eu acordo. Esse momento é o que me deixa mais deprimida. Quando eu acordo eu sinto um vazio e dá vontade de sumir. Ou de voltar a dormir. Penso que é impossível ficar pior, mas quando o dia vai passando, percebo que estava enganada. Por que ao longo das horas, vou ficando mais deprimida, pensando: "Lá se vai mais um dia em vão!" Por que é isso que eu penso: Dia desperdiçado! Quantos dias inúteis eu tive esse ano? Quantos dias perdidos?
Por que para mim, dias que passo praticamente sem fazer nada, só olhando a vida passar como uma coadjuvante, são dias inúteis e para repetir: dias desperdiçados.
Essa sensação me acomete e eu não posso evitá- la. Eu estou cansada desse ano que quase não teve dias úteis! E se ele acabar eo próximo for a mesma coisa?
Aí eu não vou poder suportar! Não sei o que fazer com essa situação e me sinto com vontade de sumir cada dia que passa...
Dia?
Será que posso chamá-los assim?

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Dez coisas que eu odeio em você (Não me canso de assistir!!)


"Odeio o modo como fala comigo

E como responde ao que eu falo...

Odeio o modo como você anda

Odeio suas roupas largas

E como consegue ler Minha mente

Eu odeio tanto isso em você

Que ate me sinto doente

Eu odeio como esta sempre certo...

E odeio quando você mente

Eu odeio quando me faz rir muito

Mas quando me faz chorar

Eu odeio quando você não esta por perto

E o fato de não me ligar

Mas eu odeio principalmente

Não conseguir Te odiar nem um pouco

Nem mesmo por um segundo

Nem mesmo só por odiar..."


(Poema do filme "Dez coisas que eu odeio em você" -1999 )

Considerações sobre algumas coisas...


Acordo apreensiva e penso no dia que virá pela frente. Será que vai acontecer algo novo? Será que vão me ligar? Será que alguém próximo a mim, vai morrer? Será que vou ter a oportunidade de começar a realizar meus sonhos? Enfim... São perguntas que eu só vou saber (ou não) quando o dia acabar. Ou seja fico o dia inteiro com a cabeça confusa e com essas perguntas me rondando... Quase nunca nada disso acontece e eu fico frustada. Me sinto parada. Na estaca zero!

Como se tudo que eu tivesse feito até hoje, e todas as minhas realizações (?) não significassem nada. E é realmente o que parece.

Sinto que estou num redemoinho de sentimentos e sensações. E não sei como agir nele.

Não sei em que e em quem acreditar! Por que será? Será que é por que realmente nada nem ninguém me dá credibilidade?

É provavel que sim! Gostaria que tudo fosse diferente, mas se tudo fosse diferente, eu ia continuar querendo que fosse diferente sabe por que? Por que nenhum de nós seres humanos racionais estamos realmente satisfeitos com nada. Racionais? Hum... Começo a duvidar dessa condição que nos é dada desde que nascemos que nos diferencia dos animais irracionais. Mas acho que eles pensam e sentem melhor e mais sinceramente que nós, os racionais!

domingo, 12 de outubro de 2008

Minha vida!

Hoje não sei bem o que postar, sério. E nem tenho obrigação de saber tudo sempre! Muito menos o que e como vou falar de mim e da minha vida. Vida essa que está correndo aparentemente normal, o que me preocupa e me faz acreditar que uma vida normal é muito chata. Sei que nada é perfeito e que é melhor tá viva que tá morta? (Será?) Sei também que mesmo que eu deixe essa vida, meus problemas e crises, vão me acompanhar na eternidade e nos outros planos...
Acredito firmemente nisso, e é um dos principais motivos que me desmotivam a acabar com ela...
Ah e tem o fato de alguns inimigos invejosos quererem muito isso. E ah! Não darei esse gostinho a eles...
Ainda terão que me aturar por muito tempo, até quando Deus quiser!

sábado, 11 de outubro de 2008

Descobertas


Descobri que não é a felicidade que vem até nós, nós é que vamos até ela.

Ela não tem pernas nem braços mas nós temos.

Descobri que a felicidade não está toda reunida num baú distante como se fosse um tesouro perdido e sim nos pequenos momentos que muitas vezes não damos importância pelo tamanho, mas se soubermos observá -los eles se transformam em grandes, pelas alegrias que trazem.

Descobri que para conquistá - la e mantê-la é preciso brigar, lutar, agarrar as oportunidades e não se irar contra a vida como costumamos fazer.

Descobri que não devemos esperar grandes momentos.

Descobri que os nossos erros são importantes.

Descobri também que auto - confiança e auto - estima ajudam muito.

Descobri que o funcionamento tão perfeito do nosso corpo e o grande esforço da natureza não acontecem em vão e que realmente temos algo a fazer aqui.

Descobri e me convenci que Deus faz tudo certo.

Descobri que nós mesmos fazemos nosso destino, mas que alguma coisa está predestinada.

Descobri que certos exageros e loucuras fazem bem a saúde.

Descobri que sempre sempre colhemos o que plantamos.

E finalmente descobri que nenhum dia é igual a outro; felizmente!

Se hoje foi ruim, amanhã pode ser bom.

Descobri que ainda tenho muito o que descobrir!



(Rafaela Valverde em 03 de outubro de 2006)

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Textos do livro Macktub de Paulo Coelho

" Tudo a nossa volta está mudando connstantemente. A cada dia, o sol ilumina um mundo novo. Aquilo que chamamos de rotina está repleto de novas propostas e oportunidades. Mas não percebemos que a cada dia é diferente do anterior. "


"Hoje em algum lugar, um tesouro o espera. Pode ser um pequeno sorriso, pode ser uma grande conquista _ não importa. A vida é feita de pequenos e grandes milagres. Nada é aborrecido, porque tudo muda constantemente. O tédio não está no mundo, mas na maneira de vermos o mundo."

Fonte: Macktub- Paulo Coelho

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

O tempo e a limpeza!


Estou numa correria. Parece que o dia está passando rápido, e ao mesmo tempo as horas não passam. Isso pode parecer coisa de doido mas por isso é que faz sentido. Enquanto para uns o tempo voa, para outros ele se torna ingrato e lento. Minha cabeça está em turbilhão, mas não é só por causa do tempo não. Está assim porque estou com uma intuição que tudo vai dar certo, e ao mesmo tempo com uma intuição me dizendo para não acreditar nisso. Então entro numa verdadeira confusão, como se fosse um anjinho e um diabinho dentro da minha cabeça.

Já determinei para mim e para Deus que eu não vou chegar até dezembro sem trabalhar! Por que tenho fé. Acredito que posso conseguir isso.

Mas deixa essa mesma ladainha de sempre para lá!

Hoje tirei o dia para faxinar meu quarto, e jogar um monte de quinquilharia fora. É uma boa sensação, e toda vez que eu faço isso é como se tivesse arrumando a minha vida e jogando fora todas as coisas ruins e que não prestam mais... Não sei se têm muitas quinquilharias na minha vida, mas é assim que me sinto quando eu estou ávida por limpeza.

Me sinto como se tivesse ávida em limpar a minha vida...



quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Eu... isolada e triste ( Mais um poema criado por mim em um momento difícil)


Tento me envolver com o mundo exterior,

mas não descobri ainda uma forma de sair desse

tranze emocional, desse poço escuro, fundo e cheio da mais devastadora melancolia.

Esse estado mórbido e intranquilo que de mim tomou conta, me impede de notar os problemas inacabáveis da humanidade. Tudo passa por mim veloz e invisivelmente.



Sinto me individualista, materialista, desatenta, largada e desmemoriada, mas nunca me lembro por quê. Tenho medo de ter perspectivas e de idealizar uma saída dessa redoma que de nada me protege, apenas me afasta de tudo que um dia desejei.


Mas na verdade, eu não sei o que desejei e nem se cheguei a desejar algo um dia. Não sei se quero um final feliz, afinal para quem teve um início triste, nada mais natural que ter um fim triste.


Com grande esforço pensei e cheguei a conclusão que para que eu veja o que me rodeia, é preciso que eu seja vista pelos que me rodeiam.


Eles me ignoram, me agridem com palavras e atitudes perversas e ao mesmo tempo me deixam dependente e prisioneira das suas qualidades; me distanciando ainda mais de uma liberdade já escassa. Eu os odeio e os amo!


E vou vivendo nesse paradoxo angustiante...



(Rafaela Valverde em 01 de junho de 2006)

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Perguntas que não querem calar!


Será que devo estar confiante? Será que o jogo está virando? O que será que vai acontecer. O que todos esses sacrifícios significam? E o quanto eu vou ter que me sacrificar? Como sempre essa minha incoerência: Nessa situação que eu devia estar alegre, eu estou deprimida e preocupada. Por que? Por que eu já passei por isso outras vezes. Por que já vi esse vídeo. A minha cabeça fica em turbilhão... A mil por hora...


Aí vem aquela velha pergunta, por que às vezes nada dá certo? Não sei... E esse é o problema!

Mas quer saber? Vou acreditar em mim. Sei que sou capaz, sabe por quê? Justamente por que já passei por isso antes, e por que superei. Eu nunca vou desistir de nada nessa ****** de vida!


Mesmo com tantas dificuldades, com pessoas e circustâncias me fazendo acreditar que não vou conseguir, bem lá no fundo eu acredito em mim e tenho fé. Apesar de um pouco abalada.


Se eu tiver que passar por isso de novo, eu não quero nem que comece...


segunda-feira, 6 de outubro de 2008

A mudança! (Poema feito por mim a cinco anos...)


O mundo pode mudar, só depende se a humanidade o amar.

Não se preocupe amigo, a vida vai melhorar, se o seu próximo você ajudar.

Pois dividindo seu pouco, muito mais você terá.

A sua fome acabará, é só você acreditar,

o dia chegará.

Não tenha medo amigo, de fome, frio e do que mais chegar.

Perfeito, tá na cara, o mundo nunca será, mas com um pouco de boa vontade,

com certeza ele se curará.

Dessa terrível doença que estar ao assolar.

Por isso amigo, um mutirão vamos formar, para que com muito amor,

possamos colaborar;

para que o nosso mundo possa aos pucos mudar.


(Rafaela Valverde, em um trabalho do colégio, em 11 de agosto de 2003)


*Esse poema é uma injeção de otimismo!

domingo, 5 de outubro de 2008

Como eu me sinto infeliz!

Estava andando na rua agora de noite, e me dei conta do quanto sou infeliz. Tinha algumas pessoas tranformando a rua em uma verdadeira balbúrdia. O som do carro ligado, altissímo tocando um reggae horrível. E eu percebi que nunca tive nem chance de causar uma bagunça dessa. Sempre sofri repressão e nuca tive oportunidade de experimentar certas coisas. E só agora percebo o quanto fazem falta... Parece que pulei etapas da vida. Etapas que nunca mais vão poder ser realizadas. Já que agora eu já cresci e tenho que trabalhar, estudar, ser bem sucedida, etc... Como eu me sinto infeliz ao constatar isso... Ás vezes sinto vontade de sumir, para não sentir mais essa angústia e esse aperto no coração, mas sinto e sei que não posso fugir dos meus problemas, mesmo depois de morta.
Me sinto fraca, realmente sem forças para continuar sorrindo e vivendo como as pessoas querem...

Dias de tristeza...


Era para eu estar me sentindo satisfeita,

por ter ido hoje às oito horas cumprir minha obrigação.

Mas acho que essas coisas superficiais não são capazes de me deixar satisfeita.

Fui, fiz o que tinha que fazer.

Mas tudo continua vazio.

Menos a minha cabeça que funciona como um turbilhão...

Pensamentos vão e voltam e a minha alegria também.

Quero falar, quero me expressar, mas me sinto cada vez mais presa e não permito que ninguém penetre no meu íntimo, mais íntimo.

Coisas que ninguém sabe, fatos que ninguém sabe, muita coisa que ninguém sabe...

Pensamentos que me ocorrem e que são loucos, por si só.

Não gosto de me sentir assim, mas me sinto e não posso negar nem fingir que estou

bem e feliz, como algumas pessoas tanto desejam...

Gostaria que tudo mudasse, mas

essa frase clichê sempre aparece...

"Não podemos ter tudo que queremos..."

sábado, 4 de outubro de 2008

Incoerência real...


Me sinto cada dia mais deprimida, mas ao mesmo tempo estou alegre, contando piadas, e otimista. Essa incoerência toda se deve ao fato da própria incoerência da minha vida. Coisas sem sentido me fazem rir e coisas com sentido me fazem chorar. Não sei o que vim fazer aqui, quem sou ou qual é minha missão, mas para meu consolo niguém sabe!

Um dia tenho perspectivas e acordo já sonhando com uma vida melhor. No outro acordo revoltada e nem sequer quero saber se realmente existo. Têm dias que tudo me importa, têm dias que eu não ligo para nada. Sou inconstante e não me orgulho nem um pouco disso...

Mas o que eu posso fazer? O mundo é inconstante, a minha vida e os seus acontecimentos, idem. Às vezes gostaria de sumir. Outras vezes quero viver até 99 anos.

Na realidade não sei muito bem o que eu quero. Nunca soube e acho que nunca descobrirei...

Mas de uma coisa eu tenho certeza: Tenho sonhos e quero realizá -los.

Hoje eu não sei se isso depende só de mim, mas amanhã posso colocar essa responsabilidade só para mim. Mas será que se dependesse só de mim, eu já não os teria realizado?

Ah... Isso com certeza! Mas a cada dia me convenço que a realização dos meus sonhos infelizmente não depende só de mim, e que essa minha incoerência ainda vai me dar algum benefício.

Será...?

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Ufa! Acabou o horário eleitoral!

Graças a Deus que essa chatisse eleitoral gratuita chegou ao fim. Os candidatos chatos, falavam sempre a mesma coisa e sempre se atacando mutuamente. O horário dos vereadores ainda era pior. Aff... Nomes ridículos, vozes ridículas, propostas idem e tudo mais que nós achamos ridículos. Hoje não vai passar mais, nem no rádio e nem na tv. E domingo é o "grande" dia. O dia da "democracia".
Vamos ver no que toda essa atribulada campanha e finalmente dia 6/10 vem aí!

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Impressões do dia de hoje.

Hoje eu acordei cedo. Saí e fui para as bibliotecas que eu tenho cadastro. Fiquei e ainda estou extasiada com a maneira que sou tratada em bibliotecas. Eles trabalham com muita paixão. Hoje eu fiquei mais de meia hora na biblioteca central, alugando um bibliotecário, que deu muitas voltas pelo setor inteiro atrás de três lvros por mim solicitados. Tentativas frustadas. Por que não consegui nenhum dos que eu pedi, e acabei trazendo minha boa e velha Agatha Christie... Fui na outra biblioteca e foi da mesma maneira. Acho que hoje estava querendo testar os funcionários públicos. Rsrsrsrsrs. Ao contrário do comércio em Salvador que a cada dia está pior. Fui em três lojas Ricardo Eletro para pagar uma conta e na primeira, o calor dentro da loja era insuportável atendente devagar e ainda por cima não tinha troco. Quanto a isso tudo bem, pois a loja tinha acabado de abrir. Mas...
Fui na segunda loja e o pagamento de carnês estavam cancelados. Enfim só consegui, e muito mal na terceira, na qual eu tive que andar um bom "pedaço". E lá presenciei uma cena terrível: Uma cliente, reclamando e armando um barraco, falando alto, dizendo que comprou um celular e que veio faltando um fone, alguma coisa assim e dizendo que queria o dinheiro de volta. Uma cena terrível. Isso também é o que cada vez mais me afasta dessa loja, pela qual eu sempre tive aversão.
Outro ponto, é fui no SIMM, sistema de intermediação de mão- de- obra e também lá o atendimento é ótimo. Todos trabalham com prazer (ou pelo menos a grande maioria), sorrindo cumprimentando a todos e enfim... Adoro ir lá, pelo tratamento a que sou submetida. Mas detesto por ainda estar desempregada...
O que quero fazer é uma comparação entre esses serviços, e deixar as conclusões para cada um...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...